Davi Moura

Davi Moura

Meteorologista - 152 artigos

Bacharel em meteorologia pela Universidade Federal de Alagoas em 2014 e mestre pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais em 2016. Atualmente, Davi Moura é doutorando pelo mesmo instituto com período sanduíche pelo Max Planck-Institute Für Meteorologie, na Alemanha.

Atua no desenvolvimento de uma parametrização de descargas elétricas atmosféricas com efeitos na microfísica das nuvens de tempestades e na química da atmosfera. Criador e administrador do Tempo e Clima Brasil que tem por objetivo divulgar conteúdos científicos relevantes para alunos, professores e interessados em geociências.

Aprecia a meteorologia pelos desafios científicos e pela multidisciplinaridade envolvida. O tempo e o clima do nosso planeta ajudaram a escrever a história da vida na terra. Nós, seres humanos, criamos cada vez mais dependência das informações das condições atmosféricas para o transporte, cultivo, guerras, logística, saúde, dentre outras. Estudar esta fina camada gasosa que nos mantém vivos é extremamente fascinante.

Artigos de Davi Moura

Plumas de poeira africana cobrem o Caribe
Atualidade

Plumas de poeira africana cobrem o Caribe

A poeira da África pode afetar a qualidade do ar em lugares tão distantes quanto as Américas do Norte e do Sul se for misturada ao ar próximo ao solo. Mas a poeira desempenha um papel ecológico importante, como fertilizar solos na Amazônia e construir praias no Caribe.

Chuva severa inunda a cidade de São Carlos e arrasta dezenas de carros
Atualidade

Chuva severa inunda a cidade de São Carlos e arrasta dezenas de carros

A força da enxurrada arrebentou as portas das Casas Bahia, na rua Episcopal e arrastou vários carros na tarde desta quinta-feira (26). Os comerciantes da baixada do Mercado Municipal voltaram a ser afetados pela enchente nas vésperas da Black Friday, uma das datas mais importantes para o comércio.

O Sol poderia ser a causa do aquecimento global atual?
Ciência

O Sol poderia ser a causa do aquecimento global atual?

Os raios do Sol aquecem nosso mundo, agitam o ar e as correntes oceânicas e catalisam reações químicas na atmosfera. Sem dúvidas, a luz solar é essencial para a maioria das formas de vida que vivem na superfície da Terra.

A temperatura média do universo está cada vez mais quente
Ciência

A temperatura média do universo está cada vez mais quente

Teoricamente, a temperatura média do universo deve diminuir gradualmente a medida que se expande. Entretanto, um novo estudo mostra que essa progressão está ocorrendo de forma inversa nos últimos 10 bilhões de anos e o universo está se aquecendo.

Jacaré gigante surge durante tempestade Eta
Atualidade

Jacaré gigante surge durante tempestade Eta

Grandes jacarés são comuns no estado da Flórida, fãs da Universidade da Flórida até torcem pelo mascote Gators, mas este ganhou atenção por sua aparência um tanto pré-histórica em meio a tempestade Eta.

Agro e ciência: cientistas desenvolvem solo com auto irrigação
Ciência

Agro e ciência: cientistas desenvolvem solo com auto irrigação

Um novo tipo de solo criado pela Universidade do Texas em Austin pode puxar água do ar e distribuí-la às plantas, potencialmente expandindo o mapa de terras cultiváveis ao redor do globo para locais anteriormente inóspitos e reduzindo o uso de água na agricultura em um momento de secas crescentes.

Supertufão Goni: a tempestade mais poderosa de 2020
Atualidade

Supertufão Goni: a tempestade mais poderosa de 2020

Em apenas um dia, o Super Typhoon Goni se transformou de um ciclone comum do Pacífico na tempestade mais intensa do ano no planeta. O tufão está em linha reta para as Filipinas, onde deve atingir a costa no domingo.

Flash azul no céu: descoberto novo fenômeno elétrico na atmosfera
Ciência

Flash azul no céu: descoberto novo fenômeno elétrico na atmosfera

Com a ajuda de um instrumento da estação espacial internacional e de sensores terrestres, pesquisadores detectaram pela primeira vez a emissão simultânea de flashes azuis em tempestades. Esses eventos são produzidos por descargas elétricas formadas por plasma, mas ao invés de ser quente, é frio.

Como a radiação de testes nucleares afetam as chuvas?
Ciência

Como a radiação de testes nucleares afetam as chuvas?

Uma nova pesquisa revelou como a radiação proveniente de testes de bombas nucleares durante a Guerra Fria pode ter mudado os padrões microfísicos das gotas de chuva a milhares de quilômetros dos locais de detonação.

As secas prolongadas estão ameaçando zonas úmidas globais
Ciência

As secas prolongadas estão ameaçando zonas úmidas globais

Os cientistas mostraram como as secas estão ameaçando a saúde das zonas úmidas em todo o mundo. Os cientistas destacam as muitas mudanças físicas e químicas que ocorrem durante as secas que levam à desidratação das zonas úmidas de forma severa e às vezes irreversível.

Onda de calor histórica: recordes de temperatura pelo país
Atualidade

Onda de calor histórica: recordes de temperatura pelo país

O ano de 2020 certamente entrará para a história como um dos mais impactantes da civilização moderna. O último acontecimento, para os brasileiros, foi uma onda de calor extrema que provocou alvoroço em meio a um tempo seco e recheado de poluição de queimadas.

Lua vermelha chamou atenção na noite de ontem: o que aconteceu?
Atualidade

Lua vermelha chamou atenção na noite de ontem: o que aconteceu?

Na noite de quinta-feira, um fenômeno raro causou espanto para muitas pessoas. A Lua cheia surgiu avermelhada sobre os céus do centro-sul do país. O atual período de estiagem, sem nuvens, facilitou a visualização do evento. Mas o que causou isto?

Novo recorde de temperatura no hemisfério norte: -69,6°C
Atualidade

Novo recorde de temperatura no hemisfério norte: -69,6°C

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) confirmou que -69,6°C registrado em 22 de dezembro de 1991 em uma estação meteorológica automática na Groenlândia é a temperatura mais baixa já observada no Hemisfério Norte.

O verão mais quente já registrado no hemisfério norte chega ao fim
Atualidade

O verão mais quente já registrado no hemisfério norte chega ao fim

O verão do hemisfério norte terminou da maneira que começou, com um calor escaldante. As temperaturas do verão no hemisfério norte do planeta foram as mais quentes já registradas, de acordo com o último resumo mensal dos Centros Nacionais de Informação Ambiental da NOAA.

1 2 3 4 5