tempo.com

Semana começa com chuvas em boa parte do Brasil e mais intensas no Sudeste

Chuvas continuam em boa parte do Brasil nos próximos dias, majoritariamente na forma de pancadas e temporais. A Região Sudeste espera os volumes mais elevados e o maior potencial para transtornos. Saiba mais sobre o tempo aqui.

alerta tempestades previsão do tempo Brasil
Pancadas, chuvas intensas e tempestades continuam em boa parte do Brasil. Sudeste mantém o potencial de maiores acumulados.

O período úmido no Brasil está no seu ápice e vem se realizando de forma excepcional em boa parte do país. Além de contribuir para o bom nível dos reservatórios para geração de energia e de abastecimento de água, o excesso das chuvas também traz prejuízos para a agricultura e também eleva o potencial para deslizamentos de terra, alagamentos e inundações.

Essa condição não deve mudar tão cedo no início desta semana, mas temporais e chuvas intensas estão previstas, principalmente na Região Sudeste e em parte do Centro-Oeste. Confira os alertas e destaque da previsão do tempo.

Região Sul

A segunda-feira (23), traz um padrão mais irregular de chuvas na Região Sul, mas mesmo assim há risco de temporais nos três estados.

Pela manhã, muita nebulosidade no norte do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná, com chuvas isoladas podendo ocorrer no oeste e sudoeste paranaense, que ganham intensidade no fim do período e também podem atingir o extremo oeste catarinense.

alertas região sul previsão do tempo
Alertas de pancadas de até forte intensidade e de tempestades na parte de segunda-feira, 23 de janeiro.

A partir da tarde, como nos últimos dias, as instabilidades se desenvolvem e provocam pancadas isoladas e de até forte intensidade e com risco de tempestades pontuais em todas as regiões de Santa Catarina e do Paraná, e na região de serra e litoral norte do Rio Grande do Sul. Há uma pequena chance de pancadas na região metropolitana de Porto Alegre.

A boa notícia é de que o calor diminui, devido à influência de uma massa de ar mais fria, que impede que as temperaturas aumentem até patamares próximos dos 40°C. No entanto, as máximas ficam em torno dos 30°C em toda a Região.

O início da semana na Região Sul só há previsão de chuva na segunda-feira. Na terça, o tempo firme e ensolarado predomina.

Na terça-feira (24), o potencial de chuvas diminui muito e não há previsão de chuva para nenhuma localidade da Região Sul. Somente pela manhã, há bastante nebulosidade sobre a região de serra do Rio Grande do Sul e sobre os estados de Santa Catarina e do Paraná. No restante do dia, o tempo firme predomina, com sol entre muitas poucas nuvens, praticamente uma condição de céu claro.

É mais um dia com sensação de calor e máximas ficando em torno dos 30°C em toda a Região Sul.

Região Sudeste

Início de semana instável em praticamente toda a Região com potencial de pancadas de até forte intensidade e tempestades, e risco de transtornos.

A segunda-feira (23), começa com muita nebulosidade sobre toda a Região, com menor concentração e aparecimento do sol entre poucas nuvens no leste de São Paulo, no Rio de Janeiro e na região da Zona da Mata mineira. Há possibilidade de chuva isolada e fraca no centro-sul e norte paulistas e na porção central de Minas Gerais.

O início da semana no Sudeste será marcado por mais chuva, que podem ocorrer na forma de tempestades. Há alertas para todos os estados.

A partir da tarde, instabilidades começam a se desenvolver e, a partir da metade do período, pancadas isoladas, que podem ocorrer com forte intensidade e até na forma de tempestades, atingem todo o Sudeste.

As regiões com maior potencial de chuva são: leste, sul e norte de São Paulo, o Rio de Janeiro, a região do Triângulo Mineiro, o norte e o oeste de Minas Gerais, e o norte do Espírito Santo.

No período da noite, as chuvas cessam em boa parte, mas se tornam mais abrangentes em outras áreas, mantendo a moderada e forte intensidade. São elas: o leste e o norte de São Paulo, o centro-sul de Minas Gerais, a região do Triângulo Mineiro da Zona da Mata e o norte do Rio de Janeiro.

Na terça-feira (24), mais um dia com muita nebulosidade em praticamente toda a Região, com tempo mais firme somente no extremo oeste e sul de São Paulo e regiões de divisa com o Paraná. Pela manhã, há potencial para chuva fraca e isolada na porção central de Minas Gerais e na região serrana do Rio de Janeiro e, no início do período, mais intensa entre no oeste Mineiro, próximo a divisa com Goiás.

Em virtude da presença de uma frente fria no oceano, as instabilidades no período da tarde se tornam mais organizadas e trazem maior potencial de chuvas intensas em comparação ao dia anterior.

Minas Gerais e o Rio de Janeiro estão sob o risco dos maiores acumulados que podem atingir os 100 mm em 48 horas, com chuvas mais intensas ocorrendo na terça-feira.

Assim, a partir da tarde, há alerta de chuvas intensas e risco de tempestades no norte e leste de São Paulo, no Rio de Janeiro, no Espírito Santo, no Triângulo Mineiro, na região da Zona da Mata, no sul de Minas Gerais e na porção central que inclui a região metropolitana de Belo Horizonte.

No fim do dia e no período da noite, as chuvas intensas continuam no centro-sul de Minas Gerais, na Zona da Mata e no estado do Rio de Janeiro, com maior risco para a porção norte do território fluminense.

Região Centro-Oeste

No Centro-Oeste, tanto a segunda-feira (23) quanto a terça-feira (24), trazem uma padrão bastante semelhante, com muita nebulosidade pela manhã em praticamente toda a Região e com potencial de chuva forte e pontual no início da manhã no Mato Grosso do Sul em ambos os dias. Há possibilidade de chuva fraca isolada sobre o norte e sudeste do Mato Grosso e no centro-sul de Goiás.

chuvas no centro-oeste tempestades
A maior probabilidade de chuvas intensas no Centro-Oeste está na segunda-feira, 23 de janeiro.

A partir da tarde, o padrão verão de instabilidades se formando e levando risco de pancadas de até forte intensidade e de tempestades em toda a Região. Na segunda, maior risco para o Mato Grosso do Sul e centro-sul do Mato Grosso. Já na terça, o maior potencial fica para o estado do Mato Grosso e o centro-sul de Goiás.

Região Nordeste

No Nordeste o padrão da previsão não muda muito entre a segunda-feira (23) e a terça-feira (24). Muita nebulosidade na porção norte, oeste e sul da Região, com potencial de chuva muito fraca e pontual pela manhã, com exceção da porção oeste da Bahia, onde há maior chance de chuvas mais intensas na primeira parte do dia.

No período da tarde, pancadas isoladas e tempestades pontuais atingem o centro-oeste da Bahia, o Piauí, o Maranhão e o norte do Ceará. Na segunda, a probabilidade é maior para a ocorrência dos eventos intensos e, na terça, o risco diminui pelo fato de as chuvas ocorrerem de forma mais desorganizada.

Região Norte

A Região Norte, também não possui muitas diferenças em relação a previsão do tempo entre a segunda-feira (23) e a terça-feira (24), com muita nebulosidade pela manhã em toda a Região e potencial da formação de núcleos mais intensos e pontuais sobre o Amazonas.

No período da tarde, pancadas intensas e tempestades ocorrendo de forma mais pontual em boa parte da Região, sendo mais abrangentes no Amazonas, Acre e Rondônia. Chuvas mais abrangentes ocorrem na segunda, já na terça, o padrão é mais isolado.