Conheça a “General Sherman”: a maior árvore do mundo

É incrível que possa haver uma árvore assim, com 83 metros de altura! E não é a mais alta, mas sim a mais volumosa. Uma homenagem ao Dia Internacional das Florestas.

Tiago Robles Tiago Robles 21 Mar. 2019 - 12:08 UTC

Não há melhor dia para falar sobre a "General Sherman". Uma sequóia gigante que faz parte da Floresta Gigante da Califórnia, no oeste dos Estados Unidos. Esta árvore excede um pouco os 83 metros de altura, equivalente a um prédio de pouco mais de 24 andares. Embora esse não seja seu ponto forte - a sequóia mais alta é a Hyperion, com 115 metros - a sua biomassa é o que chama a atenção! O tronco tem 11 metros de diâmetro, o que fornece a Sherman um volume estimado de 1486 metros cúbicos, o que se encaixaria, em uma analogia grosseira, em cerca de 40 petroleiros.

Estima-se que tenha entre 2300 e 2700 anos de idade. Ele é contemporâneo de Jesus Cristo e viu de tudo! Desde a queda do Império Romano até as revoluções e guerras mundiais. Apesar da sua idade, é saudável! Sua maior ameaça é o aquecimento global, que pode acabar por trazer as condições climáticas fora do alcance ideal para o desenvolvimento da árvore. As sequóias vivem por muito tempo graças ao clima úmido e fresco proporcionado pelos relevos do Parque Nacional Sequóia e pela proximidade do Pacífico. Eles também devem a sua longevidade à exuberância da floresta, o que suaviza os efeitos do vento, e à sua casca capaz de evitar incêndios e insetos.

Neste 21 de Março, Dia Internacional das Florestas, deixe que este “dinossauro” sirva para se tornar consciente do patrimônio natural que pode ser perdido através do abate indiscriminado, cultivo extensivo, fogo e a alteração do climática.

Publicidade