Amanda Balbino

Amanda Balbino

Meteorologista - 6 artigos

Meteorologista formada pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), Amanda Balbino trabalhou na área de agrometeorologia relacionando os efeitos das condições meteorológicas no ciclo das principais culturas agrícolas do país.

Durante sua experiência como meteorologista na agricultura, auxiliava no planejamento de atividades agrícolas, através de análises de dados meteorológicos históricos, além das análises de previsão do tempo local e de tendências climáticas para várias regiões. Atualmente, possui um programa na rádio comunitária de Maria da Fé – MG, onde fala sobre a previsão do tempo para o município e também sobre condições meteorológicas previstas para toda região do sul do estado de Minas Gerais.

O que a motiva ir além é contribuir de algum modo com a sociedade através da meteorologia. Levando informações que agreguem no dia-a-dia das pessoas e que as ajudem na transformação de hábitos.

Artigos de Amanda Balbino

Zeta será o próximo furacão do Atlântico
Atualidade

Zeta será o próximo furacão do Atlântico

A tempestade tropical Zeta deverá se transformar em um furacão e atingir áreas do Caribe e costa norte do Golfo do México. O sistema ainda aproxima o Oceano Atlântico de mais um recorde histórico.

Furacão Épsilon se torna uma forte tempestade de categoria 2
Atualidade

Furacão Épsilon se torna uma forte tempestade de categoria 2

O furacão Épsilon se enfraqueceu e caiu para um tempestade de categoria 2 nessa quinta-feira. O furacão continua a ganhar latitude à medida que se desloca a leste das Bermudas, mas devido a sua dimensão o arquipélago ainda continua sob alerta de tempestades tropicais intermitentes.

Até 2030, os desastres naturais devem aumentar seus impactos em 50%
Atualidade

Até 2030, os desastres naturais devem aumentar seus impactos em 50%

O novo relatório do Estado dos Serviços Climáticos diz que o mundo precisa aumentar rapidamente os investimentos em sistemas de alerta precoce para eventos climáticos extremos. Em 2030 o número de pessoas atingidas por desastres naturais pode aumentar 50%.