Muito calor no S e risco de temporais nas regiões N, CO e SE

O tempo instável se mantém sobre parte das regiões Centro-Oeste e Sudeste nos próximos dias. Apesar das chuvas ocorrerem de forma isolada há risco para temporais. Na Região Sul o destaque fica para o calor intenso até o final de semana.

Tiago Robles Tiago Robles 09 Out. 2019 - 12:36 UTC
Pancadas e risco de temporais nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Norte. Chuvas mais volumosas ocorrem no Sudeste na Região Norte. No Sul, destaque para o calor.

Uma frente fria no oceano e a presença de uma região de cavado contribuem para a manutenção do tempo instável nas regiões Centro-Oeste e Sudeste. Na Região Norte, a atividade convectiva se mantém ativa devido ao estímulo da Oscilação de Madden-Julian.

Nesta quarta-feira (09), o dia começou com bastante chuva no estado do Amazonas, em Roraima, no norte de Rondônia e no Tocantins. Chuva de fraca a moderada intensidade no centro-leste de São Paulo, extremo sul de Minas Gerais e no Rio de Janeiro. No Mato Grosso, Goiás, metade sul de Minas Gerais e demais regiões do estado de São Paulo, bastante nebulosidade.

A partir do meio da tarde a previsão é de pancadas isoladas que podem ocorrer com forte intensidade desde o sul do Amazonas e norte de Rondônia até o Rio de Janeiro, sendo que no norte e leste paulista, Triângulo Mineiro, metade sul de Minas Gerais e no território carioca são esperadas as chuvas mais abrangentes e volumosas.

Previsão para a quinta-feira e a sexta-feira

Nesta quinta-feira (10), previsão de chuva de fraca a moderada intensidade já pela manhã no sul de Goiás, nordeste do Mato Grosso do Sul, Triângulo Mineiro, centro-sul de Minas Gerais, Rio de Janeiro norte de São Paulo e regiões do território paulista próximo do estado mineiro. No Espírito Santo, é mais nebulosidade do que chuva. Por volta do meio da tarde, as chuvas se espalham e há risco de temporais no Amazonas, Acre, Rondônia, no Mato Grosso, centro-sul de Goiás, incluindo o Distrito Federal, norte do Mato Grosso do Sul, metade sul de Minas Gerais e Triângulo Mineiro, norte paulista, Rio de Janeiro e sul do Espírito Santo. Na Região Sudeste são esperadas as chuvas mais abrangentes e volumosas.

No leste do Nordeste, a circulação dos ventos transporta umidade do oceano em direção ao continente, o que deixa o tempo nublado e com chuva muito fraca ao longo do dia. Alerta de chuva intensa entre Maceió e Recife na parte da noite. Já na Região Sul, sem previsão de chuva com tempo firme e ensolarado ao longo do dia. O destaque fica paras as temperaturas em elevação e para a sensação de calor na parte da tarde.

Na sexta-feira (11), o tempo fica mais firme durante boa parte do dia, sem ocorrência de chuva nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, porém, há bastante nebulosidade desde Rondônia até o Rio de Janeiro. A partir do meio da tarde, a previsão é de pancadas bastante isoladas na metade sul de Minas Gerais, no oeste do Rio de Janeiro, norte e leste de São Paulo. No centro-sul de Goiás e na metade norte do Mato Grosso do Sul, as chuvas ocorrem com maior intensidade, mas com curta duração. Já no Mato Grosso, Rondônia, Amazonas e no Acre, há risco de temporais e chuvas volumosas.

No leste do Nordeste, mais um dia com sol entre muitas nuvens, com chuvas fracas pela manhã e de moderada intensidade a partir do fim do dia. Na Região Sul, o tempo firme predomina, com pouca nebulosidade e temperaturas elevadas. Na parte da tarde, a sensação é de bastante calor e máximas em torno dos 35°C no centro e leste do Rio Grande do Sul, norte e oeste dos estados de Santa Catarina e do Paraná.

Publicidade