tempo.com

Fim de semana: chuva volumosa e temporais entre Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Após a formação de um ciclone extratropical e de sua frente fria associada na Região Sul, novas instabilidades deixam alertas de chuvas volumosas entre as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste neste fim de semana.

alertas de temporais e chuvas volumosas
Frente fria e ciclone, mas novas instabilidades trazem chuvas volumosas e temporais entre as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste neste fim de semana.

O tempo instável continua em parte do centro-sul do Brasil no fim de semana. O processo de formação de um ciclone extratropical proporcionou chuvas intensas e temporais no oeste e centro-sul do Rio Grande do Sul, com chuvas de fraca a moderada intensidade ocorrendo no restante do estado, sendo fraca e mais pontuais no oeste dos estado de Santa Catarina e do Paraná na última quinta-feira (05).

A frente fria associada ao ciclone ainda influencia o tempo nesta sexta-feira (05), aumento da nebulosidade no extremo leste do Paraná, no sul e leste de São Paulo. Há previsão de pancadas isoladas por volta do início da tarde na região de divisa dos dois estados e de chuvisco no restante do período na faixa leste paulista. No Rio de Janeiro, o tempo também muda a partir do fim do dia, com aumento da nebulosidade e ocorrência de chuvisco.

previsão do tempo sexta-feira
Previsão de nebulosidade e chuvas para a tarde da sexta-feira, 05 de agosto.

Com o afastamento da frente fria, uma massa de ar polar avança e contribui para uma condição mais fria em toda a Região Sul até o sul do Mato Grosso do Sul, sul e leste de São Paulo, sul de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Além disso, o tempo firme predomina em boa parte, mas a partir da tarde o tempo fica nublado desde o litoral norte do Rio Grande do Sul até o leste do Paraná, sem ocorrência de chuva.

No fim de semana, a massa de ar polar já passa a atuar mais no oceano, permitindo a formação de um cavado entre as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e proporcionando chuvas desde o norte do Rio Grande do Sul até o sul do Mato Grosso do Sul e regiões de divisa do estado de São Paulo com o Paraná. A seguir confira os detalhes para o fim de semana.

Sábado com chuvas volumosas e temporais

Pela manhã, uma região de cavado já estimula a formação de instabilidades entre o noroeste do Paraná e o sul do Mato Grosso do Sul, provocando chuvas na forma de pancadas já no início do período.

As chuvas intensas e temporais podem vir acompanhados de queda de granizo. O maior risco está para o sul do Mato Grosso do Sul e oeste dos estados do Paraná e de Santa Catarina.

No restante do período, as instabilidades se intensificam e se espalham pelo oeste, noroeste e norte do Paraná deixando alertas de chuvas intensas e temporais. No extremo sul do Mato Grosso do Sul e nas regiões de São Paulo com divisa com o norte paranaense, há possibilidade de pancadas isoladas de forte intensidade.

No centro-leste do Paraná, leste e norte de Santa Catarina, faixa litorânea de São Paulo e no Rio de Janeiro, o tempo fica nublado, com possibilidade de chuva fraca somente no norte catarinense e no litoral paranaense.

No decorrer da tarde, as instabilidades se deslocam para o sul mantendo as chuvas de moderada a forte intensidade no oeste do Paraná e deixando em alerta de tempo severo o sul e sudoeste paranaense, e o meio-oeste de Santa Catarina. No sul e leste do Paraná e no norte catarinense, chuvas de fraca intensidade ocorrem a partir de meados do período.

Os maiores acumulados se ocorrem no oeste de Santa Catarina e do Paraná com acumulados entre 50 e 70 mm em 24 horas.

A partir do fim da tarde e ao longo da noite, alerta de chuvas intensas e temporais para todas as regiões de Santa Catarina, para o oeste, sudoeste e sul do Paraná e para o extremo norte do Rio Grande do Sul. Na porção central e leste do Paraná, as chuvas ocorrem com fraca intensidade.

Domingo com redução das chuvas, mas ainda há alertas de temporais

No decorrer da madrugada volta a chover com moderada a forte intensidade no centro-sul e leste do Paraná, com precipitação intensa ainda ocorrendo no leste e norte de Santa Catarina. Nas demais regiões do Paraná pancadas isoladas podem ocorrer ainda na forma de temporais. Na porção central de Santa Catarina, no extremo norte do Rio Grande do Sul e no sul de São Paulo, chuva fraca e isolada.

No decorrer da manhã, as chuvas diminuem e ocorrem com fraca intensidade somente em toda a faixa leste de Santa Catarina, no extremo leste do Paraná e no sul de São Paulo. No extremo sul e sudoeste do Mato Grosso do Sul as pancadas na forma de temporais voltam a acontecer mais para o fim do período. No restante da Região Sul, o tempo fica nublado, com sol aparecendo entre muitas nuvens.

Chuvas volumosas entre o o leste e norte de Santa Catarina e o sul e leste do Paraná na madrugada. Após este período, os alertas retornam a partir da tarde para as áreas do oeste desses estados e para o Mato Grosso do Sul.

No decorrer da tarde, uma nova região de cavado se forma e instabilidades voltam a se desenvolver na porção oeste do centro-sul do país. Alerta de chuvas intensas e temporais no oeste e centro-sul do Mato Grosso do Sul, com pancadas isoladas ocorrendo na região de Campo Grande, no norte, oeste, sudoeste e sul do Paraná, no meio-oeste de Santa Catarina e no extremo norte do Rio Grande do Sul. No estado de São Paulo, chuvas isoladas na região de divisa com o Paraná e pancadas no extremo oeste do estado.

No decorrer da noite, as instabilidades se espalham também para leste, mas sem potencial para eventos intensos de precipitação. Previsão de chuvas de fraca a moderada intensidade no oeste e sul do Mato Grosso do Sul, em todo o Paraná, Santa Catarina, no norte e nordeste do Rio Grande do Sul, incluindo a região de Porto Alegre. No estado de São Paulo, chuva muito fraca e pontual no oeste, sul e leste até à região metropolitana da capital.