Espuma invade cidades da Espanha após passagem da tempestade Gloria

A tempestade Gloria provocou destruição, ondas gigantes, neve, fortes rajadas de vento e fenômenos que muitos não podiam imaginar. A espuma que invadiu a cidade de Tossa de Mar causou muita curiosidade. Qual o motivo? Aqui, dizemos quais são suas possíveis causas.

Natacha Payà Natacha Payà Tiago Robles 23 Jan. 2020 - 19:14 UTC

A tempestade Gloria causou muitos impactos na Espanha. Muitas cidades do lado mediterrâneo da Península Ibérica experimentaram momentos de grande tensão, com inúmeros danos na região de Valência, nas Ilhas Baleares ou na Catalunha. As imagens da cidade catalã de Tossa de Mar também impressionaram. A grande camada de espuma espessa despertou grande interesse. Embora à primeira vista pareça antinatural, desta vez o homem pode não ser o responsável por esse fenômeno.

Como esse fenômeno é formado?

A cidade da Costa Brava deixou imagens surpreendentes nos últimos dias. A espuma produzida em Tossa de Mar é natural, mas não se exclui que, em casos específicos, contenha compostos orgânicos e potencialmente tóxicos. A espuma é um fenômeno conhecido e estudado há vários anos, embora um caso espetacular como esse não tenha ocorrido há muito tempo.

Na maioria dos casos, a espuma do mar é criada pela agitação das ondas. A água do mar está em constante movimento e o contato com a matéria orgânica produz esse fenômeno. A principal causa é a alta concentração de partículas orgânicas, ou seja, decomposição de algas, vegetais marinhos ou terrestres, resíduos fecais ou materiais e compostos semelhantes.

À medida que a água do mar agita e quebra as ondas na costa, agentes espumantes ou surfactantes retêm o ar. Segundo um relatório da Agência Catalã de Águas (ACA) "presença de surfactantes derivados da degradação da matéria orgânica encontrada naturalmente no ambiente marinho". Então, com essas substâncias são formadas bolhas, que neste caso se aderem através da tensão superficial do novo composto. Essa ação ocorre repetidas vezes para formar a imagem tão incrível que parece típica de um filme de ficção científica.

Pode ocorrer em quase todos os mares e oceanos

A espuma do mar pode aparecer em praticamente todos os mares e oceanos do mundo. Condições da água como temperatura ou concentração de matéria orgânica e o tipo de tempestade, que agita de forma intensa a água, são os fatores mais importantes para a criação desse fenômeno. A tempestade Gloria tem afetado seriamente o Mediterrâneo, agitando a água do mar com grande violência.

Em alguns casos, embora tenhamos deixado claro que é de origem natural, também pode ser acompanhado por contaminantes de origem humana. Com as fortes rajadas de vento desta tempestade, a origem dessa espuma também pode estar associada a poluentes de rios ou sistemas de esgoto.

Portanto, não surpreende que este caso em particular, o de Tossa de Mar, contenha substâncias ou compostos que possam ser prejudiciais à saúde. Enquanto os serviços de limpeza continuam realizando seus serviços, recomenda-se um mínimo de cautela até que não sejam coletadas amostras dessa espuma do mar que invadiu mais de uma cidade na costa de Girona ou Alicante.

Publicidade