Temperaturas mais agradáveis e umidade do ar em níveis críticos

Nos próximos dias as temperaturas ficam mais elevadas em todo o Brasil, com o frio da manhã e do fim do dia ainda presente. A umidade relativa do ar atinge valores críticos em boa parte do país.

Tiago Robles Tiago Robles 10 Jul. 2019 - 12:42 UTC
Massa de ar seco contribui para aumento da amplitude térmica em boa parte do país. Alerta para valores críticos de umidade do ar.

A massa de ar polar já se encontra mais afastada no oceano e com menor intensidade. No entanto, no Centro-Sul do país o frio ainda se faz presente apesar do aumento das temperaturas, porém, ao longo do dia a sensação é bastante agradável, com exceção para algumas áreas do Centro-Oeste, onde se faz calor. Devido ao aumento da amplitude térmica, a umidade relativa do ar atinge valores críticos nos próximos dias.

Previsão do tempo

Nesta quarta-feira (10) a presença de um cavado, região de prolongamento de uma baixa pressão, contribui para o aumento da nebulosidade na metade sul e oeste do Rio Grande do Sul, porém não há previsão de chuva. Esse sistema favorece a atuação dos ventos de norte, que trazem uma sensação agradável ao longo do dia para todo o Centro-Sul. Esse aumento da temperatura e o tempo seco contribuem para que a umidade relativa atinja valores abaixo de 20% em todo o Centro-Oeste, boa parte do Sudeste, sul da Região Norte, norte e oeste do Paraná.

No Nordeste, os ventos de leste mantêm o tempo instável e a ocorrência de chuvas volumosas na faixa que vai de Salvador até o Rio Grande do Norte. Há potencial para alagamentos e inundações.

Na quinta-feira (11) sem grandes mudanças. O tempo seco continua em boa parte do país, com temperaturas em elevação e umidade relativa bastante baixa. No Sudeste e Sul, a sensação é mais agradável ao longo do dia, porém o friozinho da manhã e a partir do fim do dia se mantém, no entanto, de forma mais amena. No Nordeste, ainda há risco de chuvas volumosas e alagamentos pela manhã entre Salvador e Recife.

A sexta-feira (12) será de mudança. Uma frente fria se forma no Uruguai, promovendo a manutenção da nebulosidade sobre a metade sul do Rio Grande do Sul e a atuação dos ventos de norte, resultando em temperaturas mais elevadas no Centro-Sul, com calor no Centro-Oeste e sensação agradável no Sul e no Sudeste. A umidade relativa diminui e pode atingir valores próximos de 10%. Em relação à chuva, previsão de ocorrência na forma de pancadas a partir da tarde no Sul do Rio Grande do Sul. No Nordeste, as chuvas diminuem de intensidade e o tempo firme predomina por mais tempo.

Tendência para o fim de semana

No fim de semana a frente fria avança pela Região Sul, levando chuva para o restante do Rio Grande do Sul e para estado de Santa Catarina. A presença desse sistema favorece uma condição pré-frontal sobre o Centro-Oeste e Sudeste, aumentando as temperaturas e provocando sensação de calor. No início da próxima semana uma massa de ar polar volta a diminuir as temperaturas e a trazer risco de geada no Sul.

Publicidade