StoreWindows10

Temperaturas elevadas e sensação de muito calor nos próximos dias

Nos próximos dias as temperaturas se mantém elevadas em boa parte do Brasil. O padrão das chuvas é em forma de pancadas, com exceção para o Rio Grande do Sul e Uruguai, onde há previsão de temporais e chuvas volumosas.

Tiago Robles Tiago Robles 12 Dez. 2018 - 12:23 UTC
O calor continua nos próximos dias em praticamente todo o país, com maiores temperaturas no Centro-Sul.

O início desta semana foi marcou uma mudança dos padrões das condições meteorológicas no Brasil. O frio no Centro-Sul e as chuvas, frequentes e volumosas, no Norte e no Nordeste foram substituídas pelo calor intenso e pelo tempo mais firme.

No dia de ontem (11) o tempo seco e quente foi destaque na Região Sul, com registro de recorde das maiores temperaturas do ano. Em Santa Maria-RS a máxima chegou ao 38,6°C e em Campo Bom-RS atingiu os 39,3°C, sendo a maior temperatura registrada da tarde de ontem, segundo as estações do INMET. Nas capitais Porto Alegre e Curitiba, também recorde de temperatura, as máximas chegaram a 37,9°C e 32,5°C, respectivamente.

Previsão do tempo

A presença de um sistema frontal no Rio Grande do Sul provocou temporais na Argentina, Uruguai e nas regiões de fronteira com o estado gaúcho na tarde de ontem. Além disso, houve alívio na sensação de calor. Nesta quarta-feira (12) bastante nebulosidade em todo o Rio Grande do Sul, com previsão de chuva de moderada a forte intensidade ao longo do dia no oeste e noroeste. Na parte da tarde as instabilidades se espalham para praticamente todo o estado, provocando pancadas de chuva que podem ocorrer com forte intensidade. Tempo Firme somente para o norte, onde a sensação de calor e abafamento se mantém.

No restante da Região Sul, aumento da concentração das nuvens mais altas e previsão de pancadas de chuva forte no sul de Santa Catarina. Novamente será um dia de bastante calor e sensação de abafamento, com probabilidade de se registrarem novos recordes de temperaturas.

No Sudeste e Centro-Oeste também faz bastante calor, com destaque para os estados do Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro, onde se podem registrar as maiores temperaturas dessas Regiões, com valores próximos dos 40°C no oeste paulista e no território mato-grossense, e acima dos 35°C no Rio de Janeiro. Em relação a chuvas, são previstas pancadas isoladas que podem ocorrer com forte intensidade em Minas Gerais, Espírito Santo, norte e leste de São Paulo, Goiás e metade norte do Mato Grosso.

Na quinta-feira (13) as chuvas ocorrem nos três estados da Região Sul. No Rio Grande do Sul, risco de temporais no oeste e sul do estado já pela manhã e, na parte da tarde, alerta para toda a metade sul, leste e norte. Em Santa Catarina, pancadas de chuva que podem ocorrer com forte intensidade em praticamente todo o estado na parte da tarde. No Paraná as chuvas vêm no mesmo período, porém ocorrem de forma mais isolada. As temperaturas não se elevam como nos outros dias, mas a sensação de calor continua.

No restante do país sem grandes mudanças. Temperaturas elevadas e sensação de calor, com previsão de pancadas de chuva na parte da tarde no norte e leste de São Paulo, metade sul de Minas Gerais, metade norte do Mato Grosso e nos estados de Goiás e do Tocantins. No Nordeste, as chuvas se mantêm volumosas no Maranhão e na metade norte do Piauí.

Na sexta-feira (14) sem grandes mudanças em todo o Brasil. As pancadas de chuva se mantêm para as mesmas áreas do Centro-Oeste e Sudeste, mas perdem abrangência. Já na Região Sul, volta a ter temporais na metade sul do Rio Grande do Sul e o tempo firme volta a predominar em Santa Catarina e no Paraná. Temperaturas elevadas e sensação de muito calor.

Publicidade