StoreWindows10

Previsão de chuvas volumosas no Sul e Norte do país

Nesta semana uma frente fria mantém o tempo instável em partes das regiões Sul e Sudeste e a agitação marítima aumenta. No Nordeste, a Zona de Convergência se mantém abaixo da sua posição climatológica provocando temporais.

Tiago Robles Tiago Robles 12 Fev. 2018 - 12:49 UTC
No Sul e Norte a chuva vem acompanhada de ventos fortes e trovoadas.

A frente fria que se formou nesta última sexta-feira (10) no Uruguai avançou pelo Sul do Brasil provocando temporais no Rio Grande do Sul neste fim de semana de carnaval. Hoje (12), o sistema se encontra mais afastado no oceano entre os estados de Santa Catarina e do Paraná, e juntamente com a atuação de uma área de baixa pressão atmosférica mantém o tempo instável e chuvoso nesses estados nos próximos dias. Já para o estado gaúcho, a previsão é de chuva fraca e isolada no norte, serra e na faixa leste. Nas demais regiões o tempo fica mais firme e com pouca nebulosidade.

Na Região Sudeste, as chuvas se concentram nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, ocorrendo na forma de pancadas na parte da tarde. No litoral a nebulosidade é maior e há condição para a ocorrência de chuva fraca na parte da manhã. Até a quarta-feira, devido ao deslocamento mais ao norte do sistema frontal e da formação de uma área de baixa pressão atmosférica, as chuvas ganham intensidade no leste paulista e no Rio de Janeiro, deixando o alerta para quem pretende pegar a estrada nesses próximos dias.

Previsão do acumulado de chuva até a quarta-feira (14).

A atuação de uma massa de ar seco sobre os estados de Mina Gerais e Bahia deixa o tempo firme e com temperaturas elevadas, que podem atingir os 40°C, entre o norte mineiro, o sul baiano e o estado de Goiás. Na faixa litorânea que vai do Espirito Santo até a Paraíba, ventos que sopram do oceano provocam chuva fraca com maior chance de ocorrência na parte da tarde. No litoral norte do Nordeste, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) deixa o tempo nublado e chuvoso, com previsão de acúmulo de até 100 mm até o meio da semana.

Condições Marítimas

A presença do sistema frontal proporciona aumento da intensidade dos ventos e da agitação marítima do litoral norte gaúcho até o Rio de Janeiro, com ondas de até 3m. Na região mais afastada da costa as ondas podem atingir os 5m. Na faixa que vai de Mostardas (RS) até Santos (SP) há risco para ressaca. No litoral norte do Brasil, a ZCIT provoca rajadas de vento e chuva acompanhada de trovoadas.

Publicidade