Frente fria no Sul: chuvas intensas e queda da temperatura

Uma frente fria começou a atuar no Rio Grande do Sul nesta madrugada. A previsão é que o sistema atue ao longo da semana, provocando muita chuva e possíveis transtornos. No restante do Centro-Sul o tempo fica seco e muito quente.

Tiago Robles Tiago Robles 22 Jul. 2019 - 12:15 UTC
Frente fria traz risco para temporais e chuvas volumosas para todo o Rio Grande do Sul ao longo da semana.

Durante a madrugada desta segunda-feira (22) uma frente fria passou a atuar sobre o Rio Grande do Sul e vem provocando chuvas de moderada a forte intensidade no oeste, Campanha e algumas áreas do sul. Na porção mais central do estado, os ventos de norte são intensos em condições pré-frontais e durante a noite atingiu valores próximos dos 90 km/h na região de Santa Maria.

O sistema avança lentamente ao longo do dia e por volta do início da tarde atinge a região metropolitana de Porto Alegre. Até o fim da tarde, chove no norte do Rio Grande do Sul e no oeste de Santa Catarina. Em sua passagem, a frente fria leva risco para temporais e chuvas volumosas, que podem causar transtornos como quedas de árvores, destelhamentos e alagamentos.

No restante do Sul e nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, o tempo seco predomina, com temperaturas em elevação e sensação de calor. A exceção fica para o estado do Espírito Santo, onde os ventos de leste mantêm o tempo nublado e as temperaturas mais amenas, com previsão de chuva fraca ao longo do dia.

Condições ao longo da semana

Na terça-feira (23), a frente fria se mantém sobre o Rio Grande do Sul e as chuvas ocorrem de forma mais intensa. Temporais são previstos desde a madrugada, no entanto os maiores volumes ocorrem na parte da tarde na metade sul do estado, incluindo a região metropolitana de Porto Alegre. Nos demais estados da Região Sul, como o sistema fica estacionário, os ventos de norte se mantêm atuantes, contribuindo para o aumento da temperatura. A mesma condição é observada para o Centro-Oeste e o Sudeste, onde o tempo seco e quente predomina.

A quarta-feira (24) é mais um dia chuvoso, com chuvas intensas ocorrendo em boa parte do Rio Grande do Sul, principalmente durante a primeira parte do dia. A partir da tarde, a tendência é de diminuição das chuvas. Somente no norte e nordeste do estado que chove com fraca intensidade. As temperaturas diminuem um pouco mais, caracterizando um dia frio e bastante úmido. Em Santa Catarina, previsão de chuva fraca e isolada somente na Serra e no Planalto no fim do dia. Nas demais regiões do estado, o tempo segue firme e com temperaturas elevadas. No Paraná e nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, o tempo segue firme e quente.

Na quinta-feira (25) já se esperam pequenas mudanças. A frente fria já se encontra mais afastada, no entanto, uma baixa pressão começa a se formar ao sul do Uruguai e dá origem a outra frente fria. Assim, o tempo fica nublado em todo o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, oeste, sul e leste do Paraná. Previsão de chuva ao longo do dia para todo o território gaúcho e, mais para o fim do dia, no oeste de Santa Catarina e no Paraná. Há risco para temporais e chuvas volumosas. Temperaturas ficam baixas e a sensação é de frio ao longo do dia.

A semana termina com o sistema avançando por toda a Região Sul, mas não conseguindo chegar ao Centro-Oeste e nem ao Sudeste. O tempo fica nublado em todo o Sul, as chuvas diminuem e o frio ganha intensidade, sem risco de temperaturas extremas e de formação de geada.

Publicidade