tempo.com

Alerta de chuva muito volumosa e tempestades severas na Região Sul, MS e SP

A formação de uma segunda frente fria no meio desta semana traz alertas de tempo severo e chuvas volumosas para grande parte do Centro-Sul do Brasil! Essa frente fria será acompanhada por uma poderosa massa de ar frio que derrubará as temperaturas.

Alerta tempo severo Brasil
Novas tempestades são esperadas no meio desta semana em partes da região Sul e Centro-Oeste do Brasil, à medida que uma poderosa frente fria se formará sobre o continente.

Após os impactos do ciclone extratropical na semana passada, esta semana começou com novos alertas de tempo severo no Sul do Brasil! Entre ontem e hoje diversas cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina registraram tempestades, inclusive com a ocorrência de granizo, descargas elétricas e ventos fortes, que causaram grandes estragos em algumas regiões.

Conforme informamos ontem, dessa vez o principal responsável pelo tempo severo não foi um ciclone extratropical e sim a combinação de uma frente fria, associada a um ciclone no sul do Oceano Atlântico, com um intenso escoamento de noroeste, o chamado Jatos de Baixos Níveis (JBN), e um cavado nos médios níveis da atmosfera.

Durante o dia de hoje, principalmente nessa manhã, ainda são esperadas chuvas volumosas, que poderão ocorrer em forma de temporais, em Santa Catarina e Paraná, principalmente na porção oeste desses estados. No final do dia, conforme a frente avança para nordeste e seu ciclone associado se afasta, as chuvas deverão se deslocar para o norte do Paraná, sul e oeste de São Paulo e Mato Grosso Sul.

Na quarta-feira (17) um novo processo de formação de frente fria se iniciará no sul do Brasil! Um amplo cavado se formará e se intensificará ao longo do dia sobre a Argentina, ele será responsável pela formação de um ciclone extratropical no Oceano Atlântico Sul, bem afastado do Brasil, e uma nova frente fria. A formação dessa frente combinada novamente com a atuação do JBN, criará condições de tempo severo novamente na região Sul, além de gerar chuvas nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e São Paulo.


Alerta de tempo severo e possível formação de SCM

As chuvas retornarão para o Sul na quarta-feira (17), principalmente na porção oeste da região, pegando também o sul do Mato Grosso do Sul. Mas será na madrugada de quarta para quinta-feira (18) que essas instabilidades ganharão mais força!

Na noite de quarta para quinta-feira poderá ocorrer a formação de um Sistema Convectivo de Mesoescala (SCM) sobre o oeste da Região Sul e sul da região Centro-Oeste

Devido às condições sinóticas previstas, nessa madrugada é possível a formação de um Sistema Convectivo de Mesoescala (SCM) sobre a fronteira da região Sul, Argentina e Paraguai. Esses SCMs estão associados a ocorrência de tempestades severas, com raios, ventos fortes, chuvas volumosas em um curto período de tempo e queda de granizo. Portanto, o oeste da região Sul e sul do Mato Grosso do Sul, devem ficar em alerta na noite de quarta para quinta-feira.

Entre quinta e sexta-feira, o choque entre o escoamento úmido e quente do JBN com os ventos de sul da retaguarda da frente fria provocarão temporais e chuvas sobre grande parte do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Mato Grosso e inclusive em estados da região Norte do país, como Rondônia, Acre e sul do Amazonas, já que as previsões indicam que essa frente fria terá amplo alcance continental.

Na sexta-feira (19), as instabilidade associadas à frente fria perderão força ao se deslocar para nordeste, mas ainda poderão provocar chuvas de intensidade fraca a moderada na costa dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, deixando o céu nublado nestas regiões.

Após a chuva e temporais, vem o frio intenso

Diferente da primeira frente fria dessa semana, essa segunda frente fria estará acompanhada de um intenso sistema de alta pressão em sua retaguarda, a chamada alta pós frontal. Essa alta pós frontal está associada a um intenso escoamento de ventos de sul que carregarão uma poderosa massa de ar frio pelo interior do continente, que provocará uma abrupta queda das temperaturas em grande parte do Centro-Sul do Brasil e também no sul da região Norte!

A massa de ar frio que avançará pelo país a partir do meio dessa semana será poderosa o suficiente para provocar uma queda abrupta das temperaturas, geadas e um evento de friagem no Norte do país

A atuação dessa intensa massa de ar frio sobre o Brasil começará na quinta sobre o Sul, que verá suas temperaturas despencarem ao longo do dia. Na madrugada de sexta-feira (19) diversas cidades poderão registrar temperaturas próximas de zero, principalmente nas serras gaúcha e catarinense, com provável ocorrência de geada!

Previsão do modelo ECMWF mostra temperaturas próximas a 0°C em partes do Sul do Brasil na madrugada de sexta-feira (19), principalmente nas serras gaúcha e catarinense, onde poderá ocorrer geadas.

O frio avançará pelos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul na sexta-feira. A cidade de Campo Grande, que estava registrando temperaturas máximas superiores a 30°C nos últimos dias, poderá registrar uma temperatura máxima de 15°C na sexta! Nesse mesmo dia os ventos frios de sul conseguirão avançar pelo restante da região Centro-Oeste e chegar ao sul e oeste da região Norte, causando um evento de friagem na região.

No sábado (20), as temperaturas caem ainda mais pela manhã, principalmente na região Sul, que poderá ter mais uma madrugada com ocorrência de geadas. Em algumas previsões recentes, havia uma possibilidade de neve em partes das serras gaúcha e catarinense. Porém, essa probabilidade diminuiu nas novas previsões, com menores chances de condições favoráveis para a formação de neve.