Grave Incêndio forma nuvem de fumaça e cobre os céus de Portugal

Em Portugal, temperaturas extremas em torno de 45°C e a seca persistente levaram a graves incêndios florestais, que proporcionaram uma nuvem de fumaça avermelhada.

Desde a última quinta-feira (09) várias regiões turísticas de Algarve, no sul de Portugal, foram cobertas por uma nuvem de fumaça avermelhada. A beleza das praias, piscinas e hotéis se mistura com o perigo dos incêndios florestais. Essa é uma visão muito assustadora.

Estima-se que o fogo já tenha destruído mais de 20 mil hectares em um perímetro de cerca de 100 quilômetros. O incêndio evacuou cerca de 300 pessoas de alguns vilarejos do município de Silves, perto de Monchique. O fogo já havia chegado perigosamente perto das casas.

As autoridades acreditam que levará algum tempo para manter os incêndios sob controle. As temperaturas permanecem extremamente altas e não há previsão de chuva. Além disso, os ventos ajudam a alimentar as labaredas. Atualmente, dois aviões espanhóis, 450 veículos terrestres e mais de mil bombeiros estão trabalhando para combater o incêndio. Atualmente o incêndio se encontra controlado.