tempo.com

NASA procura voluntários para identificar vórtices em imagens de Júpiter

Você é fascinado por astronomia? Então esta pode ser uma excelente notícia para você: a NASA lançou dois projetos de ciência cidadã nos quais você pode participar. Saiba mais abaixo.

Vórtices em Júpiter, NASA
Os vórtices em Júpiter são padrões de vento em forma de espiral, semelhantes aos furacões que são gerados na Terra. Toda uma obra de arte no Universo. Fonte: NASA.

Agora, você também pode participar das análises que são realizadas dentro das pesquisas do maior planeta do Sistema Solar. A Missão Juno da Administração Nacional Aeronáutica e Espacial (NASA) dos Estados Unidos completou seu 43º sobrevoo perto de Júpiter em 5 de julho de 2022, precisa da ajuda de muitos.

Naquele dia, o Instrumento JunoCam foi capaz de capturar esta imagem incrível dos vórtices de Júpiter. Que são padrões de vento em forma de espiral muito semelhantes aos furacões em nosso planeta. Deve-se mencionar que os vórtices na imagem estão localizados perto do polo norte de Júpiter.

Embora o sistema de energia de Júpiter esteja em uma escala extremamente maior do que a da Terra, estudar a atmosfera joviana nos ajudaria a entender os processos físicos em nosso próprio planeta.

Segundo a NASA, essas poderosas tempestades podem ter mais de cinquenta quilômetros de altura e centenas de quilômetros de largura. Estudos sobre sua origem e formação são fundamentais para entender a atmosfera de Júpiter. Isso leva à descoberta de sua dinâmica de fluidos e química de nuvens que criam outras características atmosféricas no planeta.

Compartilhe com os astrofísicos!

Aqui está o kicker para especialistas e fãs de astronomia, porque a NASA lançou um novo projeto de ciência cidadã chamado Jovian Vortex Hunter. O objetivo é ajudar a detectar vórtices (padrões de vento em forma de espiral) e outros fenômenos visuais, através de magníficas fotografias de Júpiter.

Dr. Ramanakumar Sankar, pesquisador de pós-doutorado na Universidade de Minnesota, e diretor do projeto, destaca que "são tantas imagens, que nossa pequena equipe levaria anos para examiná-las todas". Por isso pediram ajuda a quem tem esse interesse.

O projeto JunoCam da NASA, por outro lado, requer a ajuda de pessoas que tenham a capacidade de processar imagens da Missão Juno. O foco está na seleção de alvos para a espaçonave.

Semelhanças entre a Terra e Júpiter

Lia Siegelman, oceanógrafa física e pós-doutoranda na Universidade da Califórnia decidiu estudar a dinâmica atmosférica de Júpiter. Sua decisão foi tomada depois de perceber que os ciclones no polo norte de Júpiter parecem compartilhar semelhanças com os vórtices em nossos oceanos.

Vórtices, Oceano Terra, Júpiter
A semelhança que existe entre os vórtices de nossos oceanos (esquerda) e aqueles que se formam em Júpiter (direita) é claramente evidente. Seu estudo é essencial para entender os processos físicos da atmosfera terrestre. Fonte: NASA.

Além disso, Lia menciona "quando vi a riqueza da turbulência em torno dos ciclones de Júpiter, com todos os filamentos e redemoinhos menores, lembrei-me da turbulência que você vê no oceano em torno dos redemoinhos". O modelo simplificado do polo em Júpiter indica que os padrões geométricos dos vórtices surgem espontaneamente.

Um fato relevante: os vórtices sobrevivem para sempre em Júpiter! Isso significa que a geometria básica do planeta permite que essas estruturas intrigantes, misteriosas e atraentes se formem ao mesmo tempo.