tempo.com

Inacreditável: cientista descobre como a vida surgiu a partir de água pura!

Pesquisa descobre o segredo químico necessário para o surgimento da vida na Terra - conhecimento que, além da implicação óbvia, também pode levar a avanços significativos na área da saúde e na cura de doenças graves.

Inacreditável: Cientista descobre como a vida surgiu a partir de água pura
Pesquisa descobre o segredo químico necessário para o surgimento da vida na Terra, o que pode inclusive resultar na cura de doenças graves.

Uma descoberta publicada na revista Proceedings of the National Academy of Sciences intrigou cientistas ao redor de todo o mundo. Pesquisadores descobriram, essencialmente, a química por trás da origem da vida.

Trata-se da primeira demonstração de que moléculas primordiais, aminoácidos simples, são capazes de formar peptídeos de maneira espontânea em gotas de água pura. Em outras palavras, os cientistas descobriram um mecanismo para que reações complexas ocorram na água pura.

Esta é uma descoberta dramática porque os tais peptídeos em questão são basicamente os tijolos que constroem todas as formas de vida, e o mecanismo por trás da sua formação na Terra intrigava os cientistas há décadas.

A ciência sempre sugeriu que a vida começou nos oceanos do planeta, e depois migrou para a terra. A química por trás dessa origem, no entanto, permaneceu por muito tempo um enigma.

Para a vida se formar, há um paradoxo: A água é necessária, mas sua ausência também é necessária, ou seja, um local seco. Aminoácidos eram entregues diariamente à Terra através de meteoritos, e podiam reagir e se unir para formar peptídeos, proteínas e, eventualmente, a vida.

Mas, curiosamente, o processo requer a perda de uma molécula de água, o que se torna altamente improvável em um ambiente aquoso ou oceânico. Como resolver este problema?

Como cientistas descobriram o segredo do início da vida no planeta?

Para responder a essa questão, os pesquisadores passaram mais de 10 anos usando espectrômetros de massa para estudar reações químicas em gotículas contendo água, e descobriram algo significativo: Reações incrivelmente rápidas podem ocorrer nas margens do oceano, onde gotículas de água encontram a atmosfera.

Cientistas descobrem como a vida surgiu a partir de simples gotas de água
Em locais onde há gotículas suspensas no ar, como na região costeira, a taxa de reações químicas é até um milhão de vezes mais rápida do que ocorre dentro de grandes corpos de água.

Por exemplo, lugares onde o spray marinho voa para o ar; onde ondas batem na terra jogando gotículas para o alto; ou até mesmo onde a água doce passa por uma encosta. Estes locais são férteis para a evolução potencial da vida, pois causam reações químicas aceleradas.

A taxa de reações químicas em gotículas suspensas no ar são até um milhão de vezes mais rápidas do que ocorre dentro de grandes corpos de água.

Taxas tão altas assim tornam os catalisadores desnecessários, acelerando as reações e, no caso da química de uma Terra jovem, possibilitando a formação dos primeiros seres vivos.

Além de representar um passo gigantesco no entendimento do próprio ser humano, essa descoberta pode guiar a busca por vida em outros planetas e até mesmo, acredite, levar a um desenvolvimento mais rápido de remédios para tratar doenças perigosas.

"Se você anda por uma universidade à noite, os edifícios com as luzes acesas são geralmente onde os químicos sintéticos estão trabalhando", diz Graham Cooks, professor da Purdue University (EUA). "Seus experimentos são tão lentos que levam dias ou até mesmo semanas para se concretizarem."

"Usando a química de gotículas, conseguimos construir um aparelho que está sendo testado neste momento, e deve acelerar a síntese de novos produtos químicos e potenciais novos remédios para problemas de saúde”, diz Cooks.

A pesquisa e a ciência nos dão ferramentas para tornar o mundo um lugar melhor e são capazes de impulsionar a economia de um país a um novo patamar. Por isso, desconfie de líderes que cortam investimentos em educação básica, universidades e pesquisa. Eles sempre serão absolutamente necessários.