Tempestade Dennis: sem trégua para o oeste europeu

Sem nenhuma folga para a região oeste da Europa, a tempestade Dennis se desloca em direção ao Norte da Irlanda. O ciclone extratropical deve atingir a região no fim de semana, sem os ventos tão intensos de Ciara, mas com um volume de precipitação preocupante.

Carolina Barnez Carolina Barnez 13 Fev. 2020 - 09:14 UTC
Ventos intensos associados à tempestade Ciara
A tempestade Dennis não causará ventos tão intensos quanto Ciara, mas trará muita chuva para o Oeste da Europa. Créditos: GettyImages

Sem dar tempo para recuperação pós tempestade Ciara, a tempestade Dennis se desloca em direção ao oeste da Europa. O ciclone extratropical afetará principalmente Irlanda, Reino Unido e Holanda entre sábado (15) e segunda-feira (17). O sistema deve trazer ventos fortes, mas não tanto quanto os de Ciara. No entanto, o volume de chuva previsto é preocupante.

Dennis se desloca em direção nordeste e sua frente fria associada deve atingir em cheio toda região oeste e centro-norte da Europa: Irlanda, Reino Unido, Norte da França e Holanda. A previsão do Serviço Meteorológico Irlandês mostra que o transporte de ar frio do Canada para o Atlântico Norte nos próximos dias aumentará a diferença de temperatura (gradiente) norte-sul. A intensificação do gradiente de temperatura meridional na atmosfera fortalecerá o jato de altos níveis no setor do Atlântico Norte.

Esse padrão atmosférico contribui para a intensificação da tempestade Dennis, que deve promover fortes rajadas de vento e agitação marítima ao longo da costa. Nas porções continentais, também são esperados ventos forte, mas a previsão mostra que o volume de precipitação acumulada será preocupante entre sábado (15) e segunda-feira (17). Os modelos mostram o deslocamento das frentes fria e quente associadas ao sistema ao longo do Reino Unido, afetando principalente País de Gales e Oeste da Inglaterra.

Logo após Ciara

Dennis é o quarto ciclone extratropical nomeado da temporada de tempestades do Reino Unido e Irlanda. O ciclone recebeu o nome na terça-feira (11) quando estava se desenvolvendo na costa leste dos Estados Unidos, enquanto as instituições e serviços meteorológicos da região ainda estavam em alerta com a passagem da tempestade Ciara.

Ainda na quarta-feira, a região de Cumbria, batia recordes de precipitação devido a instabilidades remanescentes da tempestade Ciara. Choveu em 24 horas 178 mm, mais que a média do mês de Fevereiro para a região (112 mm). Na sexta, um outro sistema de baixa pressão menor deve atuar no país, antes da chegada de Dennis.

As perspectivas também não são boas para a Holanda, que ainda está sob ação dos ventos fortíssimos de Ciara. O instituto de meteorologia do país (KNMI) emitiu alerta amarelo para toda região costeira. Segundo o KNMI, essas condições prevalecerão até amanhã (14), mas não por muito tempo, já que Dennis deve trazer mais vento e chuva para a região a partir de domingo.

Publicidade