tempo.com

Geleira provoca ‘tsunami’ na Islândia

A queda de um pedaço de geleira em um lago na Islândia provocou um tsunami que quase atingiu um grupo de turistas da região. Assista ao vídeo e saiba os detalhes aqui.

No domingo, um grupo de turistas levou um bom susto na Islândia. Todos os dias, o Lago Jökulsárlón acolhe centenas de visitantes, principalmente para conhecer a impressionante geleira Breiðamerkurjökull. Normalmente, as visitas são tranquilas, porém, no último fim de semana, o ambiente silencioso foi repentinamente quebrado com um estalido alto – uma parte da geleira se desprendeu e caiu no lago. A água começou a ondular mais e mais agressivamente após o impacto inicial, até que atraiu grandes ondas que, em questão de segundos, atingiram a área onde estavam os turistas. Felizmente, os turistas conseguiram escapar do 'tsunami' a tempo.

Esses tipos de ‘tsunamis’ estão se tornando um risco para os visitantes de lugares como a Islândia, a Patagônia ou a Noruega. Isso porque, de acordo com estudos, o aquecimento global está aumentando a magnitude dessas ondas. As geleiras estão diminuindo e as áreas com risco de colapso estão aumentando. Essas ondas também afetam áreas adjacentes e podem atingir tamanhos colossais. Em 17 de outubro de 2015, na Glaciar Tyndall, de repente desprendeu 180 milhões de toneladas de rochas no Fiorde Taan, no Alasca. O impacto com a água gerou um enorme tsunami que atingiu áreas de até 197 metros acima do nível do mar.