tempo.com

Furacão Enrique se aproxima da costa sudoeste do México

O primeiro furacão da temporada do Pacífico oriental varreu perto da costa sudoeste do México no domingo, e meteorologistas alertaram sobre o perigo de enchentes potencialmente perigosas e deslizamentos de terra conforme ventos fortes e chuvas fortes atingem as áreas costeiras.

furacão enrique
O furacão Enrique, que se formou no sábado, teve ventos máximos sustentados em torno de 150 km/h na noite de domingo enquanto permanecia no mar.

Enrique foi classificado como uma tempestade tropical (e o quinto sistema nomeado na bacia do Pacífico oriental) na manhã de sexta-feira. No Domingo, Enrique estava com ventos de 150 km/h, equivalente a um furacão de categoria 1 na escala de vento do furacão Saffir-Simpson, e estava se movendo em direção ao norte. Enrique se tornou a primeira tempestade nomeada a se tornar furacão no pacífico oriental em 2021.

O furacão Enrique deve continuar se movendo em direção ao norte e noroeste esta semana. No meio da semana, Enrique deverá passar perto do extremo sul da Baja California Sur, possivelmente atingindo o continente como uma tempestade tropical ou depressão tropical. A previsão é de que Enrique continue se movendo paralelamente à costa nos próximos dias, antes de começar a enfraquecer depois de atingir águas mais frias em alguns dias.

Espera-se que o impacto mais significativo de Enrique seja a forte chuva que continuará a cair no sudoeste do México no início da semana de Guerrero a Jalisco

O Departamento de Defesa do México disse que estava enviando tropas para ajudar civis antes da tempestade. As áreas que apresentam o maior risco de inundações localizadas e deslizamentos de terra se estenderão de Acapulco a Puerto Vallarta, no México. Parte desta área foi atingida por até 400 mm de chuva e ventos fortes da tempestade tropical Dolores. Dolores se formou em 18 de junho e se dissipou após se mudar para o interior do continente em 20 de junho próximo à fronteira dos estados de Michoacán e Colima, no México.

Enrique
A tempestade Enrique pode produzir rajadas de ventos de mais 100 km/h nas regiões costeiras.

Os fortes ventos devem causar ondas perigosas que também afetarão as áreas costeiras do sudoeste do México. As ondas geradas por Enrique afetarão o sudoeste da costa do México nos próximos dias e devem ser um risco para a vida de surfistas. Além disso, algumas rajadas de 100 km/h podem ocorrer ao longo da costa, o que é forte o suficiente para quebrar galhos de árvores e provocar interrupções esporádicas de energia.

Até terça-feira, as bandas externas orientais de Enrique devem produzir chuvas totais de 150 a 300 mm com quantidades máximas isoladas de 460 mm sobre Colima e seções costeiras de Jalisco e Nayarit no oeste do México. Essas quantidades podem produzir inundações repentinas e deslizamentos de terra com risco de vida.

Risco para os EUA?

Há uma chance de que um pouco de umidade seja atraída para o norte o suficiente para ameaçar parte do sudoeste dos Estados Unidos nesta semana. No entanto, se Enrique enfraquecer antes de se aproximar da ponta da Baja Califórnia, no México, esse potencial diminuiria drasticamente. Contudo, mesmo que se confirme, não há expectativa de eventos significativos nos EUA.