StoreWindows10

Semana mais fria no Sul e de chuvas volumosas no Centro-Norte do Brasil

A primeira semana de Dezembro trará uma condição atípica para a Região Sul, com temperaturas baixas e sensação de frio. Enquanto isso nas demais regiões do país, muita chuva e risco para temporais.

Tiago Robles Tiago Robles 03 Dez. 2018 - 11:42 UTC
Semana de destaque! Frio no Sul e chuvas volumosas na metade norte do país que podem acumular em torno de 200 mm em 5 dias.

Dezembro começa chamando a atenção! Essa primeira semana do mês traz um cenário atípico para a Região Sul, com temperaturas baixas nas manhãs e noites, e sensação agradável ao longo do dia. Já no Norte e boa parte das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste, a semana será bastante chuvosa, com acumulados que podem ultrapassar os 200mm em 5 dias.

Previsão do tempo

Durante o fim de semana um ar mais frio já pode ser sentido em boa parte da Região Sul, devido à atuação de ventos de sul que transportaram o ar da massa de ar mais frio, que estava localizada no Uruguai e na Argentina. Nesta segunda-feira (03) o sistema já se encontra sobre o Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina, o que resultou em mínimas de 3,8°C em Bom Jardim da Serra, na Serra Catarinense, e de 6,0°C em Bagé, na Campanha Gaúcha.

A previsão de temperaturas agradáveis ao longo do dia e sensação de frio a partir do fim do dia em todo o Sul. O sol predomina em boa parte da Região, com exceção para o estado de Santa Catarina, serra gaúcha e centro-sul do Paraná, onde o tempo segue mais fechado e com chance de chuva bastante fraca e isolada. Em São Paulo e no sul do Mato Grosso do Sul, os ventos de sul contribuem para uma sensação mais amena, principalmente no leste paulista, onde a umidade do oceano também contribui para um dia mais fechado e com chuva fraca.

Acumulado de chuva até a noite de sexta-feira (7), segundo o modelo ECMWF.

Já para o restante do país, uma frente fria que se encontra na altura do Espírito Santo, favorece a convergência de umidade para a metade norte do Brasil. O tempo se mantém instável e chuvoso na Região Norte, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e em boa parte do Nordeste, com exceção para a ponta nordeste da Região. As chuvas volumosas trazem risco para alagamentos e, na parte da tarde, ventos fortes podem trazer transtornos.

Na terça-feira (04) e na quarta-feira (05) não se observam grandes mudanças. As chuvas continuam a ocorrer na metade norte do país e o tempo firme predomina nas demais áreas. No entanto, as temperaturas aumentam no Centro-Sul, mas a sensação mais amena continua nos estado do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Já no Sudeste e Centro-Oeste, a mudança se dá pelo aumento da nebulosidade e ocorrência de pancadas de chuva isoladas no norte dos estados do Mato Grosso do Sul e de São Paulo.

Tendência para o restante da semana

A partir da quinta-feira (06) um ciclone que atua mais afastado no oceano a sudeste do Sul do Brasil, favorece o aumento da nebulosidade no leste da Região e chuva fraca, principalmente na sexta-feira (07). No entanto, o destaque fica para a incursão de uma no massa de ar frio, que irá diminuir as temperaturas no Centro-Sul do país, trazendo uma condição semelhante à desta segunda-feira (03).

Em relação às chuvas, o tempo instável se mantém em boa parte da metade norte do país, porém as chuvas mais volumosas e intensas se restringem mais as regiões Norte e Nordeste. Esse cenário chuvoso da primeira semana de Dezembro é explicado pela oscilação de Madden-Julian, que será detalhado pela meteorologista Paola Bueno amanhã (04).

Publicidade