Fim de semana de mudança para o Sudeste e de aumento do frio no Sul

Frente fria que vem provocando bastante chuva e granizo na Região Sul passa a atuar no Sudeste, resultando em alívio do calorão e em pancadas de chuva isoladas. No Centro-Oeste, a mudança é mais tímida e no Sul o frio aumenta.

Tiago Robles Tiago Robles 20 Set. 2019 - 09:26 UTC
Frente fria avança e provoca mudanças ao longo do fim de semana nas regiões Sudeste e Centro-Oeste.

A frente fria que se manteve estacionária sobre a Região Sul, principalmente, entre o norte do Rio Grande do Sul e o sul do Paraná, consegue avançar pelo Sudeste provocando mudanças significativas durante o fim de semana para parte da Região e até mesmo para o Centro-Oeste. Além disso, esse deslocamento representa que a atmosfera passa a responder de forma diferente, trazendo a transição da estação seca para a estação chuvosa, que ocorre de forma lenta e gradativa.

O fim de semana

No sábado (21), a frente fria mantém o seu eixo entre o Paraná e o sul de São Paulo, porém, o tempo fica instável desde o nordeste do Rio Grande do Sul até o Rio de Janeiro. Na Serra Gaúcha, sul e leste catarinense há previsão de chuva de fraca a moderada intensidade pela manhã. Já no sul de São Paulo, leste e norte pioneiro do Paraná, chove com fraca intensidade.

Na parte da tarde, apesar do avanço do sistema frontal, o mesmo se afasta em direção ao oceano, contribuindo para a diminuição das chuvas. Por outro lado, o tempo se mantém nublado desde o nordeste gaúcho até o Rio de Janeiro, incluindo a porção central de Santa Catarina e do Paraná. No restante do Rio Grande do Sul, as temperaturas ficam mais baixas, com formação de geada fraca na Campanha e no sul do estado.

Já nas demais áreas do Sudeste e Centro-Oeste, aumento da nebulosidade e predomínio de tempo seco. Chance de pancadas na parte da tarde somente no norte, centro e sudeste do Mato Grosso e no norte do Mato Grosso do Sul.

No domingo (22), a massa de ar frio já se encontra mais avançada na Região Sul e o tempo firme e ensolarado predomina no Rio Grande do Sul e em boa parte de Santa Catarina e do Paraná, com tempo mais nublado no norte catarinense e no leste paranaense. Sensação de frio ao longo do dia em todo o Rio Grande do Sul e uma condição agradável nos demais estados.

No Sudeste, a frente fria recebe um reforço de uma região de cavado e o tempo fica nublado em todo o Espírito Santo e centro-leste de Minas Gerais, com ocorrência de chuva fraca a moderada intensidade a partir do meio da tarde. No Rio de Janeiro, sul e leste paulista os ventos de sudeste, contribuem para um tempo frio, nublado e com chuva fraca ao longo do dia, que aumentam de intensidade no fim do dia. O ar frio consegue penetrar no interior paulista e chegar ao Triângulo Mineiro, movendo diminuição das temperaturas.

No Centro-Oeste, a nebulosidade aumenta em toda a Região, principalmente no Mato Grosso do Sul. Há previsão de pancadas muito isoladas na parte da tarde no sul do Mato Grosso e no norte do Mato Grosso do Sul. Já no noroeste mato-grossense, as chuvas ocorrem de forma mais abrangente. As temperaturas diminuem, mas ainda faz calor ao longo do dia. Sensação de frio, apenas no início da manhã na metade sul do Mato Grosso do Sul.

Publicidade