tempo.com

Como fica o tempo após Yakecan? O frio intenso ainda vai continuar?

Após a passagem da tempestade subtropical Yakecan, o tempo volta a ficar firme e ensolarado. Além disso, as temperaturas voltam a ficar agradáveis na maior parte dos Estados atingidos pela onda de frio.

Após a passagem da tempestade subtropical Yakecan, o tempo fica firme e ensolarado na maior parte dos Estados atingidos pela onda de frio.

Ao longo desta quinta-feira, a tempestade subtropical Yakecan (nome oficializado pela Marinha que significa “o som dos céus” em tupi-guarani) se afasta cada vez mais do país, após causar ventos intensos, mar agitado, tempestades e impulsionar a formação de neve e chuva congelada na região Sul.

O tempo severo causado pelo ciclone também causou pelo menos duas mortes, quedas de árvores e postes, destelhamentos e avarias em edifícios e deixou aproximadamente 800 mil pessoas sem energia elétrica. As geadas intensas dos últimos dias causaram prejuízos a agricultores de diversos estados.

Agora, conforme a tempestade subtropical se afasta e sua influência em nosso país se dissipa, será que o tempo mudará? Tempestades continuarão se formando? O frio permanece intenso?

Como fica o tempo após a passagem da tempestade Yakecan

Em um panorama geral, a precipitação invernal cessa e não há previsão de novos ciclones nem frentes frias intensas nos próximos dias. Isso significa que, gradualmente, as temperaturas subirão e se tornarão mais agradáveis na maior parte do Brasil. O tempo se manterá firme e seco, com nebulosidade variável.

No sul, há possibilidade de chuvas mais fracas no início da próxima semana, com a passagem de um sistema pouco intenso que pode causar pancadas rápidas. Ainda assim, não há previsão de acumulados altos em nenhum Estado por um bom tempo.

A maior parte do país que foi atingida pela massa de ar frio começará a esquentar novamente. Neste domingo (22), São Paulo capital já apresentará mínimas de 10 e máximas de 21 graus, temperaturas muito mais agradáveis do que o frio registrado nos últimos dias. Belo Horizonte apresentará temperaturas similares, enquanto Campo Grande registrará mínima de 11 e máxima de 24 graus.

A presença de ar frio se mantém relativamente constante no Rio Grande do Sul. Na capital Porto Alegre, as mínimas se mantém abaixo dos 10 graus por pelo menos 5 dias. Em Santa Catarina e no Paraná, no entanto, a situação é melhor e as temperaturas aumentarão gradativamente ao longo da próxima semana - Em Florianópolis, as temperaturas atingem mínima de 16 e máxima de 25 graus na próxima quinta-feira (26).

Como as condições de tempo e nebulosidade podem mudar de cidade para cidade, não deixe de acompanhar as previsões, alertas e notícias meteorológicas aqui no site da tempo.com.