Chuvas e temporais continuam nesta semana

Na Região Sul as chuvas diminuem, mas ainda há alerta para temporais em algumas áreas. Já para o Centro Norte do país, as chuvas se tornam mais abrangentes e volumosas. Os maiores volumes ocorrem nas regiões Nordeste e Sudeste.

Tiago Robles Tiago Robles 18 Mar. 2019 - 08:46 UTC
Tempo instável em boa parte do país, com risco ainda de temporais e chuvas volumosas.

No decorrer desta madrugada uma área de baixa pressão passou a atuar no Rio Grande do Sul, provocando bastante chuva em todo o Sul e parte do Mato Grosso do Sul. A tendência é de que este sistema se desloque para o oceano e uma frente fria passe se associar a este sistema, aumentando as chuvas no Centro-Norte do país. No litoral norte do Nordeste e da Região Norte, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) continua atuante e provocando volumes elevados.

Previsão do tempo

Nesta segunda-feira (18) previsão de tempo instável em boa parte do Centro-Sul ao longo do dia. As chuvas continuam a ocorrer de moderada a forte intensidade em toda a Região Sul, com chuvas mais intensas na parte da tarde no leste e sul do Rio Grande do Sul, leste e norte de Santa Catarina e metade leste do Paraná. Nas demais áreas da Região Sul, o tempo se mantém nublado e há previsão de chuva fraca e isolada, mas até o fim do dia a tendência é de interrupção das chuvas.

No Centro-Oeste e no Sudeste, as chuvas ocorrem na forma de pancadas isoladas, com exceção para o estado do Mato Grosso do Sul, onde chove de forma mais generalizada e volumosa. Alerta para temporais, a partir do meio da tarde, no leste de São Paulo, no Rio de Janeiro, Espírito Santo, sul, centro e leste de Minas Gerais, e no sul de Goiás. No Norte e Nordeste, chuva de moderada a forte intensidade em toda a faixa norte, com destaque para o norte do Pará, do Maranhão e Rio Grande do Norte, onde são esperados os maiores volumes.

Nesta terça-feira (19) a área de baixa pressão, ou melhor, o ciclone extratropical se encontra no oceano e sua frente fria associada passa a atuar no Sudeste e influenciar o tempo em todo o Brasil Central. Previsão de bastante nebulosidade e chuva fraca e isolada já pela manhã no estado de São Paulo, metade sul de Minas Gerais, estado de Goiás e no leste do Mato Grosso. No Mato Grosso do Sul, as chuvas ocorrem com maior intensidade na metade sul do estado. Na parte da tarde, chove de forma mais intensa e há risco para temporais nessas áreas com acréscimo para o estado do Espírito Santo.

Acumulado de chuva para semana, segundo o modelo ECMWF.

Na Região Sul, o tempo firme predomina e as temperaturas ficam mais baixas, trazendo ligeira sensação de frio para o estado do Rio Grande do Sul. Previsão de chuva moderada já pela manhã no norte do Paraná e, na parte da tarde, há risco para temporais nessa região. No litoral sul de Santa Catarina e no litoral norte, centro e oeste do estado gaúcho, tempo mais fechado e previsão de chuva fraca e isolada na parte da tarde.

Na quarta-feira (20) a atmosfera volta a ficar instável em toda a Região Sul. Previsão de chuva fraca a moderada intensidade pela manhã no sul e leste do Rio Grande do Sul, no sul e oeste de Santa Catarina e no centro-oeste do Paraná. Já no Paraná há previsão de chuva forte no noroeste do estado. Na parte da tarde, previsão de chuva apenas para o litoral norte catarinense, norte e leste do Paraná, onde há risco para temporais.

No Centro-Oeste e no Sudeste, o tempo instável se mantém em boa parte dessas regiões. Previsão de chuva fraca a moderada pela manhã em Goiás, norte e leste do Mato Grosso e no centro-norte de Minas Gerais. Na parte da tarde, previsão de pancadas isoladas em todas as áreas dessas regiões. No Espírito Santo, o dia fica chuvoso com volumes mais elevados ocorrendo pela manhã. No Nordeste, as chuvas continuam intensas na faixa norte, porém, o destaque fica para o estado da Bahia, onde há pancadas de chuva forte na parte da tarde.

Tendência para o restante da semana

Nos dias seguintes até o fim de semana, as chuvas irão se concentra no Centro-Norte do país, com chuvas generalizadas ocorrendo em praticamente em todo o Nordeste. Chuvas volumosas também ocorrem na metade norte de Minas Gerais, no Espírito Santo, em Goiás e no Mato Grosso. Já no Mato Grosso do Sul, São Paulo e toda a Região Sul, o tempo firme passa a predominar, com chuvas mais concentradas nas áreas litorâneas.

Publicidade