tempo.com

Última Superlua, chuva de meteoros e lançamento de missão à Lua em agosto!

Agosto trará uma série de eventos astronômicos imperdíveis: a última Superlua do ano, acompanhada do pico da chuva de meteoros Perseidas, o planeta Saturno e seus anéis em evidência no céu e, para encerrar o mês, o lançamento da Missão Artemis I.

eventos astronômicos agosto
No mês de agosto teremos a ocorrência da última Superlua do ano, além de uma chuva de meteoros e do lançamento de uma missão espacial muito aguardada.

O mês de agosto nos reserva grandes surpresas astronômicas! Teremos a última superlua do ano, a chuva de meteoros mais aguardada do inverno, um dos planetas do nosso sistema solar em brilho máximo e também o tão aguardado lançamento da próxima missão lunar. Prepare sua agenda do mês que nós vamos te passar todos os detalhes desses eventos!

Última Superlua do ano!

A temporada de Superluas deste ano terminará em agosto, com a terceira e última Superlua de 2022 ocorrendo na segunda quinta-feira do mês, dia 11 de agosto.

Superlua de julho de 2022 fotografada na cidade de São Francisco, Califórnia, Estados Unidos.

Depois da série de superluas de junho, julho e agosto deste ano, a próxima só voltará a ocorrer em 3 de julho de 2023. Portanto, se você deixou de ver alguma Superlua ou não quer esperar tanto para ver mais uma, coloque um alarme para esse dia!

Chuva de meteoros Perseidas

Todos os anos temos uma série de chuvas de meteoros, cada uma vinda de um canto do nosso campo de visão espacial, por isso os diferentes nomes. Algumas são mais esperadas que outras, devido principalmente à taxa de meteoros por hora: quanto maior, maior o número de estrelas cadentes cruzando o céu em um curto espaço de tempo!

Na noite do dia 11 de agosto teremos a ocorrência simultânea da última Superlua de 2022 e o pico da chuva de meteoros Perseidas!

Uma dessas chuvas mais aguardadas do ano é a chuva de meteoros Perseidas, que em condições perfeitas pode ostentar 100 meteoros por hora! Porém, a má notícia é que por mais que a chuva Perseidas nos ofereça um número tão alto de meteoros por hora, não vamos poder contemplá-la por completo, pois o pico da chuva de meteoros ocorrerá na noite entre 11 e 12 de agosto, mesma noite que ocorrerá a Superlua!

A chuva de meteoros Perseidas é uma das mais aguardadas do ano, principalmente para os observadores do Hemisfério Norte.

Ao mesmo tempo que poderá ser incrível contemplar dois espetáculos astronômicos numa mesma noite, essa ocorrência simultânea poderá prejudicar a apreciação da chuva de meteoros. O brilho da Superlua poderá reduzir significativamente o número de estrelas cadentes visíveis, mas algumas deverão ser brilhantes o suficiente para serem vistas!

Planeta Saturno em brilho máximo

Para os caçadores de planetas no céu noturno, neste mês o planeta Saturno voltará ao céu em grande estilo! O planeta estará mais brilhante do que qualquer outra época do ano e visível durante toda a noite, inclusive no anoitecer! Nenhum telescópio é necessário para detectar Saturno, mas este será o melhor momento para usar um telescópio para ver o planeta e seus famosos anéis.

Cerca de uma vez por ano, Saturno atinge a oposição. Este é o ponto de órbita que o planeta aparece oposto ao sol da perspectiva da Terra, neste mesmo ponto também ocorre do planeta estar mais próximo da Terra, o que faz Saturno parecer mais brilhante e mais fácil de ser observado! Neste ano, o planeta atingirá oposição no dia 14 de agosto.

Lançamento da Missão Artemis I

O primeiro passo do tão aguardado Programa Artemis, da NASA, está finalmente programado para ocorrer em agosto! Está marcado para o dia 29 de agosto o lançamento do Artemis I.

A missão Artemis I é uma missão não tripulada cujos objetivos são testar os sistemas da espaçonave Orion em um ambiente de voo espacial e garantir uma viagem segura. Orion é a cápsula que abrigará a tripulação de astronautas que viajará até a Lua na próxima missão do programa, o Artemis II. A missão deverá durar cerca de 42 dias com data de retorno à Terra programada para o dia 10 de outubro.