tempo.com

Santa Catarina: risco elevado de alagamentos e deslizamentos

Diante das intensas chuvas que atingiram o cidades de Santa Catarina, Defesa Civil registra diversas ocorrências entre deslizamentos e alagamentos. A intensa precipitação persiste nos próximos dias?

Chuvas em Santa Catarina
Precipitação intensa causa transtornos em diversas cidades de Santa Catarina e Defesa Civil faz novos alertas para a população. Fonte: Defesa Civil/Divulgação

As chuvas registradas durante o fim de semana causou estragos em diversas cidades do norte de Santa Catarina. Ruas e casas ficaram alagadas, deslizamentos interditaram rodovias e municípios tiveram que decretar situação de emergência.

As intensas chuvas que atingiriam Santa Catarina neste ultimo final de semana também causaram estragos em Brusque, a 105 km da capital Florianópolis.

Segundo a Defesa Civil da cidade, até as 19h do domingo, sete ocorrências foram registradas na cidade, entre alagamentos, deslizamentos e quedas de muros.

Um deslizamento de terra e rochas interditou um trecho na Serra da Rocinha, localizada na BR-285 em Timbé do Sul, no sul catarinense, nesta segunda (28).

O deslizamento ocorre por conta da chuva volumosa e intermitente registrada desde a noite de sábado (26) no Estado. Houve registro de estragos, como alagamentos, quedas de árvores e resgate de pessoas em ao menos quatro regiões.

A instabilidade no tempo ocorre por conta da circulação marítima intensificada pela presença de áreas de baixa pressão em diversos níveis da atmosfera. O alerta para risco de deslizamentos, alagamentos e enxurradas segue até a noite de terça-feira (29).

Casal fica ilhado ao tentar atravessar ponte em Santa Catarina

Duas pessoas foram resgatadas na madrugada do ultimo domingo (27) após ficarem ilhadas dentro de um carro ao tentarem atravessar uma ponte na cidade de Urubici.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o casal chegou a sair do veículo e esperou pelos socorristas agarrado a um cerca, com medo de serem arrastados pela correnteza intensa.

Pontes interditadas
Devido ao alto volume dos rios, associados a intensa precipitação, diversas pontes foram interditadas pela Defesa Civil. Fonte: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O caso ocorreu por volta das 2h30, na estrada Geral Rio dos Bugres, no bairro Invernador, durante as fortes chuvas registradas na região. O casal precisou ser encaminhado ao hospital com sinal de hipotermia.

De sexta-feira (25) até segunda-feira (28) teve acumulados de 359 mm em Schroeder, 327 mm em Corupá e 307 mm em Pomerode.

A condição de chuva volumosa e persistente permanece durante toda a semana por conta do sistema de baixa pressão que atua no Estado, explica a meteorologista Defesa Civil SC, Ana Luiza Dors Wilke.

Em Corupá, a chuva deixou dezenas de ruas alagadas. A água também atingiu algumas casas. Já a Ponte do Rocha, na localidade de Osvaldo Amaral, no interior do município, ficou comprometida por conta do fenômeno.

No município de Guaramirim, a prefeitura decretou neste domingo situação de emergência por conta das chuvas. Também foram canceladas as aulas de toda a rede municipal nesta segunda-feira (28/11).

A defesa civil estadual faz orientações importantes para a população

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta vermelho no sábado (26) para risco de grandes alagamentos e transbordamentos de rios, além de grandes deslizamentos de encostas em municípios do Vale do Itajaí e Norte catarinense.

Diante das intensas chuvas, a Defesa Civil estadual recomenda que em caso de alagamentos, a população evite contato com as águas, não dirija em áreas alagadas, evitar pontilhões e pontes submersas e sempre redobrar a atenção com as crianças.

Em caso de deslizamentos, a população deve ficar atenta a inclinação de postes e árvores, aparecimento de rachaduras em muros e sair de suas residências em caso de qualquer movimento de terra ou encostas.

Confira abaixo os maiores acumulados de precipitação durante o final de semana (sexta 25/11 a domingo 27/11) em Santa Catarina:

  • Pomerode - 303,0 mm
  • Urubici - 241,2 mm
  • Jaraguá do Sul - 238,8 mm
  • Blumenau - 225,0 mm
  • Joinville - 223,3 mm
  • Rancho Queimado - 127,3 mm
  • Rodeio - 122,4 mm

Nos últimos dias, as regiões mais atingidas pela chuvarada foram: Litoral Norte, Baixo Vale do Itajaí e Grande Florianópolis.

Previsão e alertas para os próximos dias

Os acumulados até meados da semana podem superar os 300 mm desde no leste da Região Sul e no sul de São Paulo. Há a possibilidade de chuvas de moderada a forte intensidade atingirem o norte de Santa Catarina.

No restante do estado centro-leste catarinense e no nordeste gaúcho, há o aumento da intensidade das chuvas que ocorrem com fraca a moderada intensidade, contribuindo para a ocorrência de deslizamentos.

O alerta vermelho de chuvas volumosas e persistentes nos próximos dias, trazem o elevado potencial para alagamentos, inundações e, principalmente, deslizamentos.

alerta de precipitação contínua e de intensidade variável no leste de Santa Catarina, do Paraná e no Sul de São Paulo. A partir da tarde, há alerta de pancadas de chuva de até forte intensidade, de temporais e de chuvas intensas.