Dia Meteorológico Mundial – O oceano, nosso clima e tempo

Nesse dia 23 de março é celebrado o Dia Meteorológico Mundial, dia que marca o aniversário de instituição da Organização Meteorológica Mundial. Para a celebração desse ano, a OMM escolheu o tema “O oceano, nosso clima e tempo”.

Dia Meteorológico Mundial
No dia 23 de março celebramos o Dia Meteorológico Mundial! Créditos da imagem: OMM/ Will Eades.

No dia 23 de março é comemorado o Dia Meteorológico Mundial, data em que foi instituída a Organização Meteorológica Mundial (OMM) em 1950. A data é comemorada pela OMM desde 1961 e a cada ano é escolhido um tema associado a questões de tempo, clima ou recursos hídricos, sobre qual são feitas atividades em todo o mundo para a sociedade em geral. O tema escolhido nesse ano é “O oceano, nosso clima e tempo” (os temas dos anos anteriores podem ser consultados nesse link)!

A OMM é uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU) especializada na atmosfera terrestre, sua interação com a terra e oceanos, o tempo e o clima que produz e seus impactos na distribuição de recursos hídricos. Como não há fronteiras na atmosfera, a OMM fornece a estrutura necessária para a cooperação internacional de pesquisadores e centros meteorológicos.

A OMM hoje conta com 193 países e territórios membros, o Brasil é um membro desde sua fundação em 1950. O órgão oficial que representa o Brasil na OMM é o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), que no dia de hoje fará uma celebração virtual em conjunto ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM) com transmissão ao vivo na plataforma do YouTube a partir das 14 horas.

“O oceano, nosso clima e tempo”

Cobrindo cerca de 70% da superfície do nosso planeta, o oceano é o principal modulador do tempo e clima global. As interações entre o oceano e atmosfera está por trás de padrões climáticos de grandes impactos socioeconômicos globais, como, o mais famoso deles, o El Niño Oscilação Sul. Essa interação também exerce papel fundamental no desenvolvimento de sistemas meteorológicos, como os ciclones, por exemplo.

O calor dos oceanos está em níveis recordes por causa das emissões de gases de efeito estufa, e a acidificação dos oceanos continua inabalável. O impacto disso será sentido por centenas de anos porque o oceano tem uma longa memória (Secretário-Geral da OMM, Prof. Petteri Taalas)

No contexto das mudanças climáticas os oceanos exercem um papel fundamental, absorvendo cerca de 90% do excesso de energia que se acumula no sistema climático devido ao aumento das concentrações de gases de efeito estufa, nos protegendo de aumentos ainda maiores na temperatura.

Entretanto, por absorver todo esse calor excedente, os oceanos têm sido fortemente atingidos pelas mudanças climáticas, tendo seu ecossistema prejudicado pela acidificação, além de sofrer com o degelo nos pólos e o consequente aumento dos níveis do mar, que coloca milhões de pessoas em risco todos os anos.

Além disso, mais de 90% do comércio mundial é transportado pelos oceanos e mais de 40% da humanidade vive dentro da faixa de 100 km das costas. Dessa forma, centros meteorológicos e pesquisadores de diversas partes do mundo monitoram regularmente o oceano, modelam e estudam suas alterações e interações com a atmosfera.

Por esse motivo a OMM decidiu pelo tema “O Oceano, nosso clima e tempo” para destacar como as observações, pesquisas e serviços relacionados a esse tema são mais importantes do que nunca sob os cenários de mudanças climáticas crescentes, além de destacar a importância de conectar o oceano ao tempo e o clima terrestre. Além disso, o tema também foi escolhido com o intuito de marcar o início da Década das Nações Unidas da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável (2021 – 2030) liderada pela Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO.