Aumento do risco de temporais no Sul, Centro-Oeste e no Sudeste

A passagem de um sistema frontal aumenta as chuvas no Centro-Sul proporcionando condições para alagamentos e inundações. Nos próximos dias algumas áreas podem receber valores próximos a 100 mm. Confira os alertas.

Tiago Robles Tiago Robles 04 Dez. 2019 - 12:25 UTC
Alertas de temporais, alagamentos e inundações.
Frente fria aumenta as chuvas no Centro-Sul e há alertas de temporais e chuvas volumosas que nos próximos dias podem acumular valores próximos a 100 mm

Desde a segunda quinzena de Novembro os sistemas frontais estão passando de forma mais frequente pelo Brasil e conseguindo avançar até o estado da Bahia, o que contribui para a convergência de umidade sobre boa parte do país. Como o resultado, temos vivenciado chuvas intensas e transtornos no Centro-Oeste, Sudeste e na Região Sul, bem como o registro de temperaturas baixas.

Nos próximos dias o cenário não será diferente. A passagem de uma frente fria a partir da noite de hoje, mesmo de forma costeira, contribui para o aumento da intensidade das chuvas no Centro-Sul e, consequentemente, para o risco de temporais e chuvas volumosas que trazem potencial para transtornos. O total de chuva nos próximos dias pode atingir valores em torno dos 100 mm no norte do Rio Grande do Sul, oeste do Paraná, norte de São Paulo, oeste de Minas Gerais e no centro-leste de Goiás.

Destaques e alertas

Nesta quarta-feira (04), chuvas de moderada a forte intensidade já vem ocorrendo durante a manhã. Na parte da tarde, o risco para transtornos e maior devido ao aumento da intensidade e da abrangência. Na Região Sul, alertas para o oeste, sudoeste, norte e noroeste do Paraná, meio-oeste de Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul. Na região metropolitana de Porto Alegre previsão de pancadas a partir do meio da tarde. No Centro-Oeste e no Sudeste, as áreas de maios risco são o sul, centro e nordeste do Mato Grosso do Sul, leste e sudeste do Mato Grosso, todo o estado de Goiás, norte, centro e oeste de Minas Gerais e todo o estado de São Paulo. No sul da Bahia, também há potencial para transtornos por contas de chuvas volumosas.

Na quinta-feira (05), uma frente fria atua sobre a Região Sul, com chuvas volumosas e temporais ocorrem já pela manhã na metade sul do Mato Grosso do Sul, oeste de São Paulo, todo o estado do Paraná e de Santa Catarina. A partir do início da tarde, o sistema frontal contribui para chuvas intensas em todo o território paulista, no Mato Grosso do Sul, faixa central e leste do Mato Grosso, metade sul de Goiás, centro-sul e oeste de Minas Gerais, incluindo o Triângulo Mineiro.

Mais para o fim do dia e noite as chuvas ganham intensidade e ocorrem de forma volumosa no litoral norte paulista, Vale do Paraíba, Rio de Janeiro, sul mineiro e leste dos estados do Paraná e de Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, o destaque fica para a atuação dos ventos de sul e para as temperaturas amenas.

Na sexta-feira (06), a frente fria se mantém sobre o Sudeste e chuvas de moderada a forte intensidade ocorrem já pela manhã no leste paulista, no Rio de Janeiro, centro-sul de Minas Gerais, centro-norte de Goiás e no nordeste do Mato Grosso. Na parte da tarde, as chuvas se tornam mais abrangentes e intensas e há alertas, até o período da noite, para transtornos na metade sul de Minas Gerais, Triângulo Mineiro, no Rio de Janeiro, sul do Espírito Santo, norte paulista e regiões próximas com o estado mineiro, norte do Mato Grosso do Sul, centro-sul de Goiás e no Mato Grosso.

Publicidade