StoreWindows10

Temperaturas diminuem no Sul e chuvas aumentam na metade norte do Brasil

A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) se mantém nas áreas mais ao norte do país, enquanto que uma frente fria e uma massa de ar mais fria atuam na Região Sul.

Tiago Robles Tiago Robles 12 Mar. 2018 - 14:41 UTC
ZCAS mantém o tempo instável e provoca temporais nas regiões Norte e Nordeste.

Uma frente fria que se formou no Uruguai ao longo desse fim de semana, se encontra nesta segunda-feira (12) sobre o estado de Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul. Em sua passagem pelo estado gaúcho, provou apenas chuva fraca e permitiu a atuação de uma massa de ar mais fria, que diminuiu as temperaturas nesta manhã. As mínimas atingiram os 16°C em Porto Alegre, os 14°C em Santa Maria e os 13°C em Canela.

No decorrer do dia, a frente fria avança em direção aos estados do Paraná e de São Paulo, contribuindo para o aumento da nebulosidade e chuva fraca do sul de Santa Catarina até o Mato Grosso do Sul. Enquanto isso, a massa de ar frio avança pela Região Sul e na madrugada a sensação será de frio, com temperaturas em torno dos 11°C na Serra e dos 15°C na fronteira com o Uruguai.

No restante do país a ZCAS mantém o tempo instável na metade norte, provocando chuva ao longo do dia  que ocorrem com maior intensidade no litoral baiano, no interior do Nordeste e nos estados do Pará e do Tocantins. No Centro-Oeste, as chuvas mais intensas se concentram no norte da Região e nas demais áreas a previsão é de pancadas rápidas e bastante isoladas na parte da tarde.

Previsão do acumulado de chuva de hoje (12) até o meio da semana (14) segundo o modelo ECMWF.

Na terça-feira (13), o sistema frontal avança e se mantém na altura do Rio de Janeiro, o que diminui as temperaturas e aumenta a nebulosidade no Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, metade sul de Minas Gerais e sul do Espírito Santo. No leste paulista e em todo o território carioca, o tempo fica nublado com temperaturas amenas e chuva ocorrendo a qualquer hora do dia.

Na metade norte do país a tempo se mantém instável, porém, com o enfraquecimento da ZCAS, as chuvas perdem intensidade no período da tarde. Já nos estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul a massa de ar frio avança e o predomínio é de tempo firme e temperaturas amenas. No entanto, na faixa litorânea, entre Florianópolis e o norte do estado catarinense, os ventos que sopram do oceano, contribuem para o aumento da nebulosidade a partir da tarde, com previsão de chuva fraca até o fim do dia.

Na quarta-feira (14) o padrão começa a mudar. A frente fria se afasta bastante para o oceano, levando consigo a massa de ar frio. Enquanto isso na porção norte, a banda de nebulosidade perde intensidade e já não pode ser caracterizada como ZCAS, contribuindo para a redução das chuvas. No Sul e Sudeste, uma área de baixa pressão atmosférica passa a atuar e provoca pancadas de chuva de moderada a forte intensidade do norte de São Paulo ao norte do Rio Grade do Sul.   

Publicidade