StoreWindows10

Semana de tempo seco em grande parte do Brasil

Nos próximos dias uma massa de ar seco atua sobre boa parte do país, com temperaturas aumentando e diminuindo a sensação de frio.

Tiago Robles Tiago Robles 18 Jun. 2018 - 11:22 UTC
Massa de ar firo se mantém sobre a Região Sul até o meio da semana.

Nesta segunda-feira (18), o tempo se mantém seco em praticamente do o país, com chuvas concentras das regiões litorâneas. No Sul a nebulosidade diminui ao longo do dia no interior da Região e se mantém na faixa leste, que vai de Florianópolis até o PR, deixando o tempo nublado com breves surgimentos de sol e previsão de chuva fraca a partir da tarde entre Itajaí e Paranaguá. Na capital catarinense a chuva ocorre mais para a noite e, em Curitiba, a chance de chuva fraca é muito pequena, mas pode ocorrer no mesmo período.

Já no leste de toda a Região Sudeste, os ventos que transportam umidade do oceano em direção ao continente, contribuem para a manutenção do tempo nublado e da chuva ao longo do dia, em todo o litoral paulista e na faixa que vai do litoral norte do RJ até o norte do ES, onde ocorrem os maiores volumes. No Norte e Nordeste o sol aparece entre muitas nuvens e chove em toda a faixa litorânea, ocorrendo com maior intensidade entre Fortaleza e Macapá.

Previsão do acumulado de chuva de hoje (18) até a quarta-feira (20), segundo o modelo ECMWF.

Até o meio da semana a massa de ar polar se desloca para o oceano, contribuindo para o aumento das temperaturas e diminuição da sensação de frio. A nebulosidade tende a diminuir na faixa leste da Região Sul e do Sudeste e não há previsão de chuva, mas o sol ainda aparece entre nuvens. No Nordeste, as chuvas ganham intensidade no leste da BA, com previsão de chuva fraca a moderada entre Porto Seguro e Salvador na quarta-feira (20).

No restante do país o tempo segue firme e ensolarado, com pouca formação de nuvens. As temperaturas continuam baixas no início e final do dia, e elevadas à tarde, trazendo sensação de calor na porção mais norte e mais central do país.

Quando volta a chover?

Na próxima quinta-feira (21) a formação de um sistema frontal sobre o Uruguai irá provocar o aumento da atuação dos ventos de norte e, consequentemente, a elevação das temperaturas na Região Sul, principalmente no estado do RS. A partir do final da manhã a frente fria atinge a fronteira, provocando temporais, que se espalham pelo território gaúcho ao longo do dia. Esse sistema não consegue se deslocar muito e se mantém sobre o RS até aproximadamente o domingo (24), passando a atuar no norte do estado, sobre SC e metade sul do PR.

Publicidade