O tempo nessa semana: calor em todo o Brasil e temporais no Sul

Nesta semana o calor continua em todo o Brasil. As maiores temperaturas estão previstas para as regiões Centro-Oeste e Sudeste. Já no Sul o destaque são os temporais. Saiba também quando volta a chover no restante do país.

Tiago Robles Tiago Robles 17 Dez. 2018 - 06:30 UTC
Semana de bastante calor e chuvas concentradas no extremo sul do Brasil.

Nesta semana as frentes frias ainda não conseguem avançar sobre o Brasil, devido à atuação de um sistema de alta pressão, que se encontra próximo a costa da Região Sudeste. Essa configuração favorece o aumento das temperaturas e dificulta a formação de nuvens de chuva em boa parte do Brasil.

A segunda-feira

Nesta segunda-feira (17) uma frente fria que se encontra sobre o Uruguai, avança sobre o Rio Grande do Sul ao longo do dia. O sistema atinge o sul do estado até o fim da manhã e, na parte da tarde provoca temporais em toda a metade sul, leste e nordeste do estado. Em Santa Catarina e no Paraná previsão de pancadas isoladas na metade leste, que podem ocorrer com forte intensidade. As temperaturas se mantêm elevadas, trazendo sensação de bastante calor e abafamento, principalmente para o norte do Paraná.

No restante do país há previsão de chuva para o norte e oeste da Região Norte, norte do Nordeste e pancadas na parte da tarde no Sudeste, mais especificamente no sul de Minas Gerais, no Rio de Janeiro, centro, norte e leste de São Paulo. No entanto, o destaque fica para o calor. As temperaturas ficam bastante elevadas, com máximas que podem passar dos 40°C no Mato Grosso do Sul, no oeste paulista e no sul do Mato Grosso do Sul.

O restante da semana

Na terça-feira (18) a frente fria se mantém sobre o Rio Grande do Sul e o sul de Santa Catarina, deixando o tempo nublado e com chuva ao longo do dia no estado gaúcho. No sul catarinense, sol entre muitas nuvens e chuva ocorrendo a partir da tarde. Alerta de chuva forte para o oeste do Rio Grande do Sul. Já para o restante do país pouca mudança. Pancadas de chuva isoladas a partir da tarde na metade sul de Minas Gerais, no Rio de Janeiro, centro-leste e norte do Paraná, norte, centro e leste de São Paulo.

No entanto, o destaque continua para as temperaturas elevadas, com máximas ficam em torno dos 40°C no noroeste do Paraná, no Mato Grosso do Sul, oeste paulista, sul do Mato Grosso e no Rio de Janeiro.

Na quarta-feira (19) as chuvas reduzem de intensidade no Rio Grande do Sul, mas ainda há potencial para a ocorrência de temporais no norte do estado na parte da tarde. Em Santa Catarina e no Paraná, o predomínio é de tempo firme e abafado, por conta do aumento da nebulosidade. No restante do país, sem mudança. Temperaturas elevadas e chuvas isoladas na parte da tarde.

Na quinta-feira (20) volta a ter riscos de temporais para o Rio Grande do Sul. A configuração é semelhante ao dia de hoje, com temperaturas bastante elevadas e previsão de pancadas na parte da tarde em Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e no Rio de Janeiro.

Mas é na sexta-feira (21) que há a previsão das chuvas mais intensas na Região Sul. A formação de um ciclone extratropical provoca temporais no três estados e favorece a ocorrência de chuvas no Mato Grosso do Sul e no oeste de São Paulo. No entanto, as temperaturas continuam elevadas, com redução apenas na Região Sul.

A mudança

A mudança do padrão de chuvas concentradas no extremo sul e de temperaturas extremamente elevadas ocorre a partir do fim de semana. A frente fria, associada ao ciclone extratropical, consegue avançar até o Sudeste, promovendo o retorno das chuvas no Brasil Central. A tendência até o fim do ano é de que as chuvas se concentrem mais no Sudeste e Centro-Oeste, reduzindo no Sul do Brasil.

Publicidade