tempo.com

O risco de chuvas intensas e temporais aumenta nos próximos dias no Brasil

O mês de setembro termina com chuvas intensas e temporais em boa parte do Brasil, com maiores acumulados para as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Confira aqui os detalhes da previsão e as regiões com alerta.

alerta temporais
Previsão do tempo traz mais chuva para as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul nos próximos dias. Há alerta de chuvas intensas e temporais com granizo

O domingo (25) foi marcado pelo retorno das chuvas em parte do centro-sul do país, devido à atuação de um cavado que irá evoluir para um sistema frontal e contribui para o aumento da precipitação em boa parte das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Previsão do tempo para a segunda-feira

Nesta segunda-feira (26), o dia fica chuvoso no norte de Santa Catarina, em todas as regiões do Paraná, no estado do Mato Grosso do Sul, no oeste, centro-sul de São Paulo e na porção leste até a região metropolitana da capital paulista.

No período da tarde, as instabilidades se espalham pelo estado de São Paulo e também chegam ao sul do Rio de Janeiro, ao sul de Minas Gerais e à região do Triângulo Mineiro. No Centro-Oeste, pancadas se espalham pelo Mato Grosso e sul de Goiás.

Os maiores acumulados são esperados para o Paraná e sul dos estados do Mato Grosso do Sul e de São Paulo, com volumes de até 60 mm em 24 horas.

Há alerta para o risco de temporais e de chuvas intensas, que podem vir acompanhadas de granizo e provocar alagamentos. As áreas com maior potencial para transtornos são o centro-norte e oeste do Paraná, o estado do Mato Grosso do Sul, o estado de São Paulo e a região do Triângulo Mineiro.

Para as demais áreas da regiões Sul e Sudeste, o tempo firme predomina, com céu nublado no nordeste de Minas Gerais e no norte do Espírito Santo, no estado de Santa Catarina até o norte do Rio Grande do Sul, onde há possibilidade de chuva fraca no extremos sul gaúcho no período da manhã.

Previsão do tempo para a terça-feira

Na madrugada de terça-feira (27), novas instabilidades se formam entre o Mato Grosso do Sul e o Paraná, enquanto que uma começa a se formar no oceano acoplada a região de cavado entre o Sul e o Centro-Oeste nas horas seguintes.

Apesar do padrão um pouco mais irregular, as chuvas mais intensas ainda se concentram nos estados do Paraná, do Mato Grosso do Sul e de São Paulo, com acumulados de até 50 mm.

Assim, mais um dia chuvoso no Paraná, no oeste e sul do Mato Grosso do Sul e no estado de São Paulo. No entanto, já no período da manhã, as instabilidades ganham força nesses estados e também se espalham no decorrer do dia, levando chuvas de até forte intensidade para boa parte do estado do Rio de Janeiro, centro-sul de Minas Gerais, incluindo à região de Belo Horizonte, Triângulo Mineiro, sul de Goiás, para todas as regiões do Mato Grosso do Sul e o Mato Grosso.

Há alerta de chuvas intensas e temporais que podem vir acompanhados de granizo. Pela manhã o risco fica para o Paraná, centro-sul do Mato Grosso do Sul, sul e oeste de São Paulo. A partir do meio até o fim da tarde, para todo o território paulista, o Mato Grosso do Sul, o centro-sul de Minas Gerais e o Triângulo Mineiro, o sul do Rio de Janeiro e a região serrana fluminense.

Em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, o tempo firme predomina sem potencial para eventos intensos de precipitação. No norte e faixa leste catarinense, o céu fica mais nublado, com potencial de chuvisco alternando com períodos de melhoria.

Previsão do tempo para a quarta-feira

Na quarta-feira (28), a frente fria está formada e atuante entre os estados do Mato Grosso do Sul, do Paraná e de São Paulo.

A presença do sistema frontal contribui para o tempo instável desde o norte de Santa Catarina até o centro-sul e oeste do Mato Grosso e porção central de Minas Gerais. No entanto, as chuvas ao longo do dia ocorrem no estado do Paraná, no Mato Grosso do Sul, no centro-sul e oeste do Mato Grosso em São Paulo, no Rio de Janeiro, centro-sul de Minas Gerais, no Triângulo Mineiro e no extremo sul de Goiás.

O potencial de chuvas volumosas e abrangentes se espalha pelo centro-sul e os acumulados de até 50 mm podem abranger mais regiões, como o sul do Mato Grosso, o sul de Minas Gerais e o Triângulo Mineiro.

A partir do período da tarde, as chuvas ganham intensidade e se espalham atingindo também o meio-oeste e norte de Santa Catarina, as demais regiões do Mato Grosso e o sul do Espírito Santo.

Alerta de chuvas intensas e temporais, que podem ocorrer com granizo, desde o meio-oeste de Santa Catarina até o noroeste do Mato Grosso, incluindo a região de Cuiabá, extremo sul de Goiás e região de Belo Horizonte em Minas Gerais.

Tendência do tempo para a quinta-feira e a sexta-feira

No fim da semana, a frente fria se afasta e áreas de cavado atuam no centro-sul do país, tornando as chuvas mais irregulares, mas deixando o tempo instável em toda a Região Sul. Há potencial para temporais, mas ocorrendo de forma mais pontual.

Na quinta-feira (29), as chuvas se espalham até o norte do Rio Grande do Sul, com precipitação de até forte intensidade no norte gaúcho, estado de Santa Catarina, no Paraná, no leste de São Paulo, no Rio de Janeiro, no sul e leste do Mato Grosso do Sul.

Na sexta-feira (30), a chuva atinge toda a Região Sul e praticamente todo o centro-sul. Há potencial de chuvas de moderada à forte intensidade para os estados do Sul, para o estado de São Paulo, centro-sul de Minas Gerais, Triângulo Mineiro e extremo sul de Goiás.