tempo.com

Alerta: dois ciclones extratropicais atingem o país nos próximos 5 dias

Dois ciclones extratropicais se formarão em um intervalo de apenas 5 dias, causando tempo severo na região Sul. As frentes frias associadas ao fenômeno também causarão chuvas e queda de temperatura no sudeste e no centro-oeste.

Brasil em alerta: Dois ciclones atingem o país nos próximos 5 dias
Modelo mostra a evolução do sistema ciclônico sobre o oceano, já se afastando do Brasil, nesta sexta-feira (06). A frente fria associada ao fenômeno traz tempo severo para o Sul do Brasil.

Com a mudança do padrão climático que vinha se mantendo sobre o país nas últimas semanas, o mês de Agosto se inicia com alto risco de tempestades severas abrangentes no centro-sul do país, especialmente por conta do avanço de ciclones e frentes frias que atingem até as regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Além dos sistemas frontais, modelos numéricos indicam a formação de um corredor de umidade partindo da região Norte, o que tornará o tempo ainda mais instável e propício à formação de tempestades.

O resultado desta configuração meteorológica já começa a se mostrar nesta quinta-feira (04), com a formação de um ciclone extratropical na altura da região sul - o primeiro de dois sistemas que devem atingir o Brasil nos próximos cinco dias.

Ciclone extratropical atinge o Brasil nesta quinta-feira

O primeiro ciclone extratropical se forma entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai ao longo desta quinta-feira (04) e já deixa o estado gaúcho em alerta para ocorrência de mais chuva e tempestades severas.

A frente fria associada ao ciclone traz risco de acumulados de chuva de até 100 mm e rajadas de vento de até 100 km/h que podem causar cortes na energia elétrica, queda de árvores e alagamentos. Além disso, risco de granizo que pode danificar plantações e edifícios.

Conforme a frente avança em direção a Santa Catarina e Paraná, ela perde intensidade, formando apenas chuvas irregulares em ambos os Estados. Ainda assim, durante o fim de semana, a instabilidade atmosférica voltará a formar tempestades generosas sobre território catarinense e paranaense, com acumulados de chuva que podem chegar a até 100 mm.

Segundo ciclone extratropical se forma já no início da próxima semana

Durante a segunda-feira (08), a chuva se mantém sobre o Paraná, e na terça-feira (09), um novo ciclone extratropical se forma entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, trazendo mais condições de tempo severo para todos os estados do Sul.

alerta ciclone extratropical
Modelo numérico mostra início da formação de um novo sistema ciclônico na altura da região Sul brasileira, entre os Estados do RS e de SC, na próxima terça-feira (09).

As tempestades causadas por este sistema serão mais abrangentes e também atingirão o Mato Grosso do Sul, São Paulo, sul de Minas Gerais e triângulo mineiro, além de boa parte do Rio de Janeiro, trazendo chuva para regiões que praticamente não registraram precipitação no último mês.

Ciclones extratropicais são sistemas de baixa pressão formados em médias e altas latitudes. Estão sempre associados a uma frente fria e, portanto, causam tempestades severas e quedas bruscas de temperatura após sua passagem.

Neste sábado, a massa de ar frio que entra após a passagem da frente faz com que as temperaturas cheguem a valores próximos dos zero graus no Rio Grande do Sul, causando geadas localizadas.

Na semana que vem, após quarta-feira (10), uma nova massa de ar frio traz temperaturas baixíssimas e risco de geada também para Santa Catarina e Paraná. Graças a sua abrangência maior, o sistema também fará as temperaturas caírem também no Mato Grosso do Sul e em boa parte do Sudeste.