Chuvas da monção asiática podem aumentar no clima futuro

Um estudo publicado em Julho deste ano encontrou resultados preocupantes sobre as chuvas de monção da Ásia. Através de um modelo climático de alta resolução e considerando um cenário de aquecimento global, os pesquisadores identificam que as chuvas irão se intensificar no clima futuro.

Cheia de rio e inundação.
Chuvas da monção asiática devem aumentar no clima futuro.

Pesquisadores da Universidade Metropolitana de Tóquio buscaram investigar como se comportará o sistema de monção da Ásia em um cenário de aquecimento global. Os resultados obtidos pelo estudo recém publicado são no mínimo preocupantes.

Muitas pessoas associam o nome monção a uma chuva forte de verão. No entanto, a monção é um padrão climático caracterizado pela estação chuvosa nos meses de verão e a estação seca nos meses de inverno, similar ao que observamos na maior parte do território brasileiro durante o ano.

Mas diferente da América do Sul, o sistema de monção asiático é o mais forte do globo, registrando uma das maiores taxas de precipitação diária e de chuva acumulada para um mês de todo o mundo. Logo, alterações drásticas no regime de chuvas podem aumentar a vulnerabilidade dos países menos desenvolvidos e superpopulosos do continente.

Todos os anos os produtores asiáticos esperam ansiosos pela precipitação abundante do verão. O arroz e o chá, por exemplo, estão entre os principais cultivos agrícolas que dependem fortemente da chuva. Contudo, chuvas torrenciais podem ser fatais. Inundações severas e deslizamentos de terra são frequentemente registrados durante a monção. Na segunda quinzena do mês passado, pelo menos 4 milhões de pessoas ficaram desabrigadas e centenas morreram em inundações entre a Índia, Nepal e Bangladesh.

A equipe de estudo liderada pelo professor Hiroshi Takahashi utilizou um modelo climático de alta resolução para entender a evolução detalhada das condições climáticas futuras na região da monção asiática. A principal característica desse modelo está nos princípios físicos que resolvem o processo de formação e dissipação das nuvens, o que permitiu estudar o comportamento futuro da precipitação com uma precisão sem precedentes.

A simulação do clima futuro – em um cenário de aquecimento global - encontrou aumento expressivo da precipitação no cavado de monção, sobretudo no norte da Índia, península Indochina e parte do oceano Pacífico Norte Ocidental. Segundo os autores, a intensificação das chuvas não é uniforme em todas as regiões, mas no cavado de monção pode ser explicada pelo aumento de ciclones.

Nesse estudo, os pesquisadores ainda dividiram o efeito da temperatura da superfície do mar (TSM) global nas simulações. Eles separaram as simulações em duas partes, onde a primeira simulação considerou o efeito global da TSM e a segunda o efeito global da TSM mais as variações regionais criadas pelo El Niño. Como resultado, eles verificaram que o aumento da precipitação na região da monção asiática foi maior para o aumento global da TSM.

Como visto anteriormente, a Ásia abriga muitos países populosos na região das monções e com a economia em grande parte associada as atividades agropecuárias. Portanto, conhecer os possíveis padrões climáticos do futuro é importante para a elaboração de políticas públicas que visam mitigar os impactos das mudanças climáticas.