Imagens impressionantes de tornado em São José dos Campos, SP

Uma tempestade intensa, do tipo supercélula, formou um tornado e ventos de 95 km/h em São José dos Campos, São Paulo. A chuva intensa também causou alagamentos e interrompeu o fornecimento de energia na cidade.

Tornado se forma em São José dos Campos SP
Imagens divulgadas na internet mostram os estragos causados na cidade e a formação do tornado em São José dos Campos - SP. (imagens: anônimo/divulgação)

Uma tempestade convectiva intensa, também chamada de supercélula, se formou sobre São José dos Campos, no Estado de São Paulo, esta semana. A tempestade se iniciou por volta das 18h nesta terça-feira (09) e causou vários estragos na cidade.

A chuva intensa trouxe alagamentos para diversos pontos. Foram registradas rajadas de vento de 95 km/h e a impressionante formação de um tornado na cidade. Mais de duzentas árvores foram arrancadas, veículos tombaram, diversos edifícios foram danificados e bairros ficaram sem energia.

Equipes ainda atuavam na retirada de árvores e no restabelecimento da energia elétrica nesta quarta-feira (10). A falta de eletricidade também resultou no desabastecimento de água em diversas regiões de São José dos Campos.

A formação de supercélulas no Brasil é comum, especialmente nos Estados da região Sul - Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná - Mas ocorre com baixa frequência no Sudeste e em outras regiões brasileiras.

O que são Supercélulas?

Supercélulas são tempestades convectivas perigosas formadas por uma corrente de ar rotativa ascendente e constante, capaz de persistir por um período de tempo superior às tempestades normais - geralmente várias horas.

Condições de tempo severo acompanham as supercélulas. Além da chuva intensa, este tipo de tempestade é capaz de gerar descargas elétricas intensas, ventos fortes, granizo forte e tornados de longa duração.

Segundo o Centro de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden), os estragos na cidade durante o temporal não foram causados somente pelo tornado, mas também por uma microexplosão, fenômeno onde uma coluna de ar descendente causa rajadas de vento destrutivas e intensas.

Não confunda tornados com furacões!

Tornados ocorrem frequentemente no Brasil, e são vistos como uma coluna giratória de ar, em contato com a superfície, que se forma logo abaixo de uma nuvem de tempestade - Exatamente como observado em São José dos Campos esta semana.

Tornados podem causar grande destruição, mas são pequenos, possuem em média 150 metros e duram apenas alguns minutos.

Já os furacões são um tipo de fenômeno diferente. Tratam-se de tempestades muito maiores, com dimensões de cerca de 500 km, que duram vários dias. Por seu imenso tamanho e força, às vezes furacões podem formar tornados dentro de si.


Embora sejam muito comuns em outros continentes, atingindo frequentemente países como Estados Unidos e Japão (onde geralmente são chamados de tufões), furacões praticamente não ocorrem no Brasil. Entenda o porquê clicando aqui.