tempo.com

Impressionante recuo do mar na Flórida antes da chegada de Ian!

Ian é um furacão devastador que está próximo de chegar à categoria 5 e impactará totalmente o oeste da Flórida, onde o mar recuou em praias e no porto. O que pode acontecer nas próximas horas? Veja aqui.

Infelizmente, as previsões mais pessimistas estão se concretizando, e o devastador furacão Ian se intensificou antes de provocar os impactos na Flórida (EUA), a ponto de se aproximar da categoria 5, com ventos sustentados próximos a 250 km/h após passar pelas águas quentes do Golfo do México, produzindo uma substituição da região do 'olho', algo que acontece em ciclones tropicais particularmente intensos.

Nas últimas horas de hoje chegaram imagens muito impactantes do recuo da água do mar em algumas praias e portos de cidades localizadas no oeste-sudoeste do estado, que receberão o impacto de um furacão extremamente perigoso e devastador. Este recuo das águas lembra os momentos anteriores a um tsunami, mas neste caso não é por isso.

Esse fenômeno pode ocorrer durante furacões extremamente poderosos e, de fato, já aconteceu na Flórida e nas Bahamas com o Irma em 2017. Ian é tão forte e sua pressão tão baixa, que ele está sugando a água de seu entorno em seu núcleo. No centro dele, onde a pressão é menor e os ventos convergem, a água se acumula, retornando naturalmente com o avanço deste ciclone tropical.

As ressacas podem ser catastróficas em muitas áreas do oeste da Flórida: atingirão de 3,5 a 5 metros em Englewood e em Bonita Beach. Devemos lembrar que é um Estado plano e pantanoso, e que perto da costa as cidades estão a uma altitude próxima ao nível do mar ou logo acima. Pode ser uma das maiores catástrofes naturais da história recente do Estado.

As últimas atualizações do Centro Nacional de Furacões não são animadoras, pois os ventos sustentados ainda estão em torno de 250 km/h, e não foi descartado que possa atingir momentaneamente a categoria 5. A agência o define como um furacão catastrófico.

Embora enfraqueça rapidamente à medida que se move sobre a terra, deixará chuvas torrenciais e rajadas de vento com força de furacão a caminho da costa leste da Flórida na manhã de quinta-feira, 29 (hora local). Antes, se as previsões forem cumpridas, terá deixado um rastro de destruição.

Infelizmente, algumas pessoas não estão levando a sério os avisos das autoridades e órgãos oficiais, e nos últimos minutos foram vistas entrando no mar, justamente com a chegada da ressaca. Essas imprudências podem custar a vida. Esperamos que o número de feridos e mortos seja o menor possível, embora nos últimos dias as evacuações tenham sido massivas.