Ar polar aumenta risco de geadas no Sul do Brasil

Após passagem de frente fria e formação de ciclone na costa gaúcha, nova massa de ar seco e de ar polar ganha destaque. Frio ganha intensidade neste início de semana e novos episódios de geada podem ser registrados no Sul do Brasil.

O fim de semana foi marcado por mudanças no tempo na região Sul do Brasil. Após passagem de frente fria, a formação de um ciclone na costa gaúcha ganhou destaque. A área de baixa pressão atmosférica provocou e ainda pode provocar ventania, com rajadas de moderada a forte intensidade em toda a faixa leste desde o Rio Grande do Sul até o Espírito Santo.

A Marinha do Brasil também alerta para o mar agitado devido a atuação do ciclone. Ondas acima de 2,5 metros de altura podem ser registradas. Aliás, há aviso de ressaca entre Chuí (RS) e Florianópolis (SC) e entre Santos (SP) e Cabo de São Tomé (RJ), válido até a quarta-feira (21).

Apesar da ventania e da ressaca do mar, o grande destaque é a queda acentuada da temperatura com a chegada de uma nova massa de ar polar. Neste início de semana não se descarta a possibilidade de novos episódios de geada, mas desta vez, concentrados na região Sul do Brasil. Temperaturas abaixo de 4°C devem ser registradas especialmente no norte gaúcho, serra catarinense e planalto paranaense. Vale ressaltar que a temperatura também deve cair em áreas do Sudeste e Centro-Oeste, mas sem possibilidade de geadas.