tempo.com

O aquecimento global poderia nos fazer encolher?

Devido ao aumento global das temperaturas, o corpo humano se adaptará e, portanto, diminuirá de tamanho, isto é, encolherá.

mudança climática corpo humano
A redução do tamanho do corpo humano não será visível até cerca de milhares de anos.

Devido a uma dieta mais rica em proteínas e calorias em comparação com a década de 1950, as taxas de crescimento progrediram de forma constante, exigindo até mesmo a atualização dos registros de saúde. Mas essa curva provavelmente se estabilizará nos próximos anos ou até diminuirá.

De fato, o paleontólogo Steve Brusatte, da Universidade de Edimburgo, na Escócia, acredita que a crise climática terá um impacto no tamanho de nosso corpo e nos fará encolher. Muitos estudos já comprovam que pequenos mamíferos se adaptam mais facilmente ao aumento das temperaturas, e isso é chamado de regra de Bergmann.

Referindo-se ao biólogo alemão do século XIX Carl Bergmann, a regra de Bergmann afirma que as espécies que vivem em regiões frias têm maior massa corporal. E os mamíferos que vivem em climas quentes são menores que seus primos de regiões frias. No entanto, há exceções como o elefante africano, que vive em um clima muito quente.

A ligação entre a temperatura e o tamanho do corpo se deve ao fenômeno da termorregulação. "As razões não são totalmente compreendidas, mas é provável, em parte, que os animais menores tenham uma área de superfície em relação ao volume maior que a dos animais maiores e, portanto, são mais capazes de conduzir o excesso de calor", explica o professor Steve Brusatte.

Há 55 milhões de anos, o tamanho dos primeiros cavalos diminuiu à medida que as temperaturas aumentaram. Ao comparar a evolução humana com a dos primeiros equinos, o pesquisador escocês sugere que é "plausível" que os seres humanos estejam encolhendo para se adaptar ao aquecimento global.

Por outro lado, o tamanho dos apêndices aumenta ao mesmo tempo que a temperatura. Ou seja, nas aves, seus bicos e asas se alongam diante do calor. Em mamíferos como elefantes, são as orelhas que crescem. Isto lhes permite liberar seu calor interno.

Isso significa que o calor corre o risco de aumentar o tamanho de nossos apêndices (nariz, orelhas, etc)? Não. Os seres humanos simplesmente correm o risco de encolher.

Mas tenhamos certeza de que a diminuição do tamanho do corpo humano em relação ao aquecimento global não será visível por milhares de anos.