O que esperar da próxima massa de ar frio? Há risco de geada?

Primeira massa de ar frio do outono de 2021 não traz riscos de geada para áreas produtoras no Sul do Brasil. Ciclone na costa mantém chuva fraca e nebulosidade em boa parte da região.

Após a passagem de uma frente fria que provocou temporais na região Sul, o tempo muda e agora o destaque é a queda da temperatura comparada aos últimos dias.

Mas atenção produtores rurais, o frio não será tão intenso e não há potencial para ocorrência de geadas, pelo menos por enquanto, isso porque a nebulosidade e a chuva fraca ainda devem continuar nos próximos dias sob influência do ciclone no Oceano Atlântico capaz de jogar umidade contra à costa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Esta é apenas a primeira massa de ar mais frio, a expectativa é que outras avancem com maior frequência no decorrer do outono e do inverno. Comparada ao ano passado, a chance para geadas em áreas produtoras no Centro-Sul do Brasil é maior devido ao efeito da La Niña, ainda que o fenômeno esteja fraco, com temperaturas em gradativa elevação e com tendência de neutralidade, a atmosfera ainda encontra-se mais fria.