Cindy Fernández

Cindy Fernández

Comunicadora meteorológica - 34 artigos

Cindy Fernández é licenciada em Ciências da Atmosfera, com especialização em Agrometeorologia na Universidade de Buenos Aires. Desde os primeiros anos da sua carreira meteorológica, foi voluntária em diferentes atividades de divulgação científica, dentro e fora da universidade.

Desde 2015 que faz parte da equipa de Imprensa e Comunicação Cidadã do Serviço Meteorológico Nacional, onde se formou como comunicadora meteorológica. Para além de ser a porta-voz da organização, faz também parte do comité editorial da revista Meteoros e da equipa das redes sociais. Há mais de 5 anos que está presente em vários meios de comunicação social e participou como meteorologista convidada em diferentes noticiários e programas.

Pela terceira temporada, participa como colunista no programa de divulgação científica La Liga de la Ciencia da televisão pública, onde trata de questões relacionadas com fenómenos meteorológicos e alterações climáticas.

No início de 2019 juntou-se à equipa de profissionais da Meteored Argentina, onde trabalha como redatora de notícias até hoje.

Artigos de Cindy Fernández

Primeira tripulação civil chega hoje ao espaço!
Atualidade

Primeira tripulação civil chega hoje ao espaço!

Exatamente 52 anos depois que o homem pôs os pés na Lua, pela primeira vez uma equipe de civis, sem astronautas, viajará para o espaço! Entre os tripulantes estão o homem mais rico do mundo e o seu irmão. Saiba mais aqui!

Por que cancelaram o projeto que pretendia "cobrir" o Sol?
Ciência

Por que cancelaram o projeto que pretendia "cobrir" o Sol?

Os cientistas consideraram que o polêmico experimento de geoengenharia para resfriar o planeta cobrindo o Sol não era tão inofensivo quanto havia sido proposto e conseguiram cancelá-lo. Quem decide como modificar o clima?

Zelândia: mapeando o novo continente
Atualidade

Zelândia: mapeando o novo continente

Pela divisão convencional dos continentes, o mais comum é reconhecer seis: Ásia, Antártica, Europa, África, Oceania e América. Mas um novo mapeamento do fundo do mar garante que Zelândia seja outro candidato para essa lista. Onde está?

A explosão no porto de Beirute provocou mudanças na ionosfera
Ciência

A explosão no porto de Beirute provocou mudanças na ionosfera

Um novo estudo identificou mudanças na ionosfera, uma das camadas mais altas da atmosfera, logo após a explosão no porto de Beirute, em agosto do ano passado. Esta é considerada uma das explosões não-nucleares mais poderosas da história humana.

Múltiplos tornados se formam no sudeste dos EUA
Atualidade

Múltiplos tornados se formam no sudeste dos EUA

As planícies dos EUA estão em alerta para o desenvolvimento de uma situação particularmente perigosa, na qual ocorrem vários tornados muito fortes e com longa trajetória. Veja aqui os vídeos!

Patagônia em chamas: desaparecidos e cidades arrasadas pelo fogo
Atualidade

Patagônia em chamas: desaparecidos e cidades arrasadas pelo fogo

Chubut e Río Negro ardendo em chamas! Pessoas desaparecidas, famílias inteiras evacuadas, cidades devastadas pelo fogo, outras sem energia elétrica e água, enormes perdas materiais e ambientais. As imagens mostram o desespero dos moradores da Região Andina.

Ano de 2020 está entre os três mais quentes já registrados!
Atualidade

Ano de 2020 está entre os três mais quentes já registrados!

As temperaturas continuam a aumentar de forma constante e o ano de 2020 está a caminho de estar entre os 3 anos mais quentes já registrados, junto com 2016 e 2019. Nem a pandemia, nem o efeito de resfriamento do La Niña foram suficientes para conter o calor deste ano.

O que são terremotos de gelo?
Ciência

O que são terremotos de gelo?

Existem tremores que não são causados pelo movimento de placas ou pela atividade vulcânica. Os terremotos de gelo são fenômenos comuns nas zonas polares, porém, há poucos registros deles e seus mecanismos de formação eram pouco conhecidos até então.

Uma tinta que resfria construções até mesmo sob sol
Atualidade

Uma tinta que resfria construções até mesmo sob sol

Criaram uma tinta que pode refletir mais de 95,5% da luz solar e resfriar a superfície abaixo da temperatura ambiente. Esta invenção pode ajudar a reduzir o uso de ar condicionados em muitas cidades e diminuir o consumo de energia.

1 2