StoreWindows10

Semana Santa no Brasil: tendência do tempo

À medida que os dias avançam, a previsão do tempo está se tornando cada vez mais importante para o fim de semana prolongado da Páscoa em 2018.

Tiago Robles Tiago Robles 20 Mar. 2018 - 16:32 UTC
Páscoa Confira o nosso especial O Tempo na Páscoa
A Semana Santa Santa está chegando e a previsão antecipada pode ajudar no planejamento das festividades.

A duas semanas do fim de semana da Páscoa muitas pessoas começam a procurar saber sobre a previsão do tempo, uma vez que será um momento em que se realizarão muitas procissões e eventos ao ar livre, além de ser um momento no qual milhares costumam viajar com seus familiares.

É importante saber que as previsões de mais de duas semanas proporcionar erros grosseiros se for exigido certo grau de precisão, como quantidade de chuva e valores de temperatura. No entanto, é possível recorrer a certos modelos de previsão de longo prazo, como o NOAA CFSv2, para determinar a tendência das condições do tempo na Semana Santa.

Chuva e temperatura: O que se pode esperar?

O modelo CFSv2 mostra anomalias de temperatura média do ar e de precipitação para o período da Semana Santa. O mapa referente à temperatura nos mostra anomalias positivas do sul de Minas Gerais até o sul do Rio Grande do Sul, e negativas em áreas próximas ao Paraguai, norte mineiro e no estado da Bahia. Em relação à precipitação, se observa uma condição mais úmida do norte gaúcho até o Pará e, mais seco, do Rio de Janeiro até o Maranhão.

Anomalias de precipitação (esquerda) e de temperatura (direita) segundo o modelo CFSv2. Fonte: Tropical Tidbits.

Com esses primeiros indícios pode-se dizer que o tempo ao longo da Semana Santa na Região Sul e nos estado do Mato Grosso do Sul e São Paulo, será mais instável e quente, ou seja, mais propícia a ocorrência de temporais. Essa condição ocorrerá devido a uma maior atuação de frentes frias e da formação de baixas pressões no Paraguai, o que acarreta em uma maior frequência de ventos de norte (mais quentes) e de chuvas intensas.

Já para a porção que vai do Rio de Janeiro até o norte da Região Nordeste, a previsão é tempo firme e quente, mesmo com as anomalias negativas, o que traz uma condição bastante favorável para as festividades ao ar livre. As temperaturas mais elevadas podem ser registradas na faixa litorânea do norte paulista ao sul do Espírito Santo.

Publicidade