tempo.com

O que é uma Frente Quente?

Uma frente quente ocorre quando uma massa de ar quente avança em uma determina região substituindo o ar frio e seco, mudando as condições do tempo como a temperatura e umidade de uma determinada localidade.

Frentes Quentes geralmente provocam muitos calor após a sua passagem.

Na América do Sul, diversos sistemas meteorológicos como frentes frias, sistemas de baixa pressão, sistema de alta pressão, massas de ar vêm alterando as condições do tempo, provocando chuva, vento, umidade, calor, frio, geada, raios e por aí vai. Além das frentes frias, existem as frentes quentes as quais ocorrem ao longo do ano.

Este sistema geralmente provoca chuvas ocasionais de intensidade fraca à moderada associada a nuvens do tipo stratus. Por vezes, essas nuvens crescem rapidamente ganhando espaço no céu e na superfície terrestre em forma de nevoeiro, reduzindo consideravelmente a visibilidade.

Como as Frentes Quentes se formam?

Uma frente quente é a zona de transição entre uma massa de ar quente e úmida a qual vai ao encontro de uma massa de ar fria e seca. As frentes quentes deslocam-se do equador em direção aos os pólos. Como o ar quente é menos denso que o ar frio, a massa de ar quente sobe por cima da massa do ar mais frio e geralmente ocorre precipitação.

O ar frio é relativamente denso e o ar quente tende a dominá-lo, produzindo uma rampa pouco inclinada; devido essa pouca inclinação as nuvens que se formarão possuirão pouco desenvolvimento vertical, com seus topos mais baixos que os de uma frente fria. Além disso, uma camada de nuvens finas tipo cirrus é observada a mais de 1000 km à frente da superfície da frente quente, depois surgem cirrostratus e altostratus, que correspodem a nuvens mais elevadas e frias.

Aproximadamente 300 km antes da frente surgem então stratus e nimbostratus, e eventualmente começará a cair uma chuva leve e persistente, e às vezes nevoeiro esparso. Depois da passagem da frente, se observa nuvens cumulus de bom tempo, temperaturas elevadas e céu mais claro.

Principais sistemas meteorológicos em uma carta sinótica. Repare que a frente quente esta atuando na área continental de SC.

As frentes quentes deslocam-se do equador para os pólos, e seu deslocamento é mais lento comparado á uma frente fria. A zona frontal da frente quente normalmente cobre uma área bem maior do que a da frente fria e permanece por um período maior em um determinado local.

Este sistema normalmente é causado na América do Sul pelo retorno de uma frente fria que, em situação de bloqueio atmosférico não consegue avano tempo associado a elaçar para norte. No Brasil elas são mais presentes nos meses de inverno e atingem principalmente os estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.