Incrível tornado de fogo na Califórnia

Nos últimos dias, o estado da Califórnia vivenciou o sexto incêndio mais destrutivo de sua história. As chamas formaram tornados de fogo e rajadas em torno dos 230 km/h, provocando vários estragos.

As chamas passaram a devastar o norte do estado da Califórnia desde 23 de Julho, quando a falha mecânica de um veículo gerou as faíscas que provocaram o incêndio e, em seguida, expandiram rapidamente sob condições muito favoráveis de calor e secura.

Este evento é considerado o sexto incêndio mais destrutivo que a Califórnia teve até o momento, com pelo menos 6 mortos e mais de 1000 casas consumidas pelas chamas. O incêndio já devastou uma área quatro vezes maior que a cidade de São Francisco com cerca de 50.000 hectares.

A situação dramática que vive a Califórnia foi agravada por um evento inesperado nos últimos dias: a aparição de tornados de fogo chamados “firenados” que consomem tudo em seu caminho. As avaliações efetuadas pelo Serviço Nacional de Meteorologia indicam que um desses tornados em Redding provocou ventos de mais de 230 km/h, comparável a um tornado de categoria F3.

Tornados de fogo ou "firenados"

Os tornados de fogo são formados basicamente pela elevada temperatura provocada pelos incêndios e pela presença de ventos. Entre as chamas a massa de ar aquece, tornando-se menos densa e, consequentemente, começa a subir e a formar um redemoinho que suga as chamas e as cinzas, com contribuição da convergência dos ventos. Esses tornados costumam durar alguns minutos e atingem de 10 a 50m de altura.