A ilha mais contaminada de plásticos do mundo

É sabido que o Ocêano Pacífico é a maior lixeira de plásticos do planeta, porém uma ilha deserta leva a pior medalha: a mais contaminada do mundo pelos plásticos.

Ubicação da Ilha Henderson

Uma equipe de cientistas da Universidade de Tasmânia cifra a concentração de plásticos encontrados numa ilha Henderson, uma zona desértica do Pacífico a 5.000 Km de qualquer outro lugar, com 671 peças de plástico por metro quadrado. A cifra pode ser maior, pois as amostras analizadas estudam peças de pelo menos 2 milímetros em adiante.

A ilha Henderson encontra-se próxima do lugar onde convergem as correntes do Pacífico que arrastam imensas quantidades de plásticos.

Uma grande lixeira flutuante que demostra a alta densidade de plásticos que viajam e invadem os mares do planeta. A industria quimica  produz 300 milhões de toneladas de plásticos ao ano, muitas das quais no fim da sua vida útil, não é reciclada e vai diretamente para o mar.

A pesar de ser únicamente visitada por cientistas a cada cindo ou 10 anos, na última visita dos oceanógrafos da Universidade de  Tâsmania ficaram alarmados ao ver uma concentração extraordinariamente alta; a mais alta do planeta. E todo esse lixo provêm da alta densidade de plásticos do Oceâno Pacífico.

As cifras de 671 objetos de plástico por metro quadrado, entrega uma cifra de 37,7 milhões de plásticos espalhados ao longo de todas as praias da ilha e um peso de 17 toneladas. Umas cifras desoladoras que com certeza sejam bem maiores, pois não está sendo levado em consideração o lixo depositado nos esgostos e lugares sem acceso. Além disso, podem existir peças contaminantes enterradas a mais de 10 centímetros na areia, ou inferiores aos 2mm medidos como limites de prospeção e de medida para este estudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *